Massacre deficientes Japão arrow-options
Reprodução/Twitter
Massacre aconteceu em 2016.

Um homem de 30 anos foi condenado à  morte por ter assassinado 19 deficientes . O massacre aconteceu em 2016 na cidade de Tóquio, no Japão e é considerado um dos piores crimes da história recente do país. 

Leia também: Líder de extrema direita, Marine Le Pen se coloca em auto-isolamento na França

Satoshi Uematsu invadiu uma residência que abrigava pessoas com deficiência mental na periferia da capital japonesa portando uma arma branca e assassinou 19 pessoas. Outras 26 ficaram feridas. Ele havia sido funcionário do local anos antes do massacre .

Os advogados do assassino alegaram que Uematsu não poderia ser responsabilizado pelo crime. Segundo ele, no momento em que invadiu a residência, o acusado estava sofrendo de "transtornos mentais" causado pelo uso de drogas.

    Veja Também

      Mostrar mais