Trump
Reprodução/Facebook
Presidente norte-americano esteve com secretário de Bolsonaro que foi diagnosticado com o coronavírus

Nesta quinta-feira (12), o governo brasileiro confirmou que o secretário de comunicação  Fábio Wajngarten está com o coronavírus . Assim, surgiu a dúvida se Jair Bolsonaro e Donald Trump, que estiveram com ele em evento no final de semana, também poderiam ter contraído a doença. Por este motivo, a Casa Branca resolveu divulgar comunicado ressaltando que o presidente norte-americano não está preocupado e nem cogitando esta possibilidade.

Leia também: Indianos apostam em banho com fezes de vaca para curar coronavírus; assista

Tal posicionamento foi corroborado pelo fato de que Trump recebeu nesta tarde, no Salão Oval da Casa Branca, o primeiro-ministro da República da Irlanda, Leo Varadkar, para discutir sobre o coronavírus e outros temas.

A divulgação aconteceu logo após o resultado positivo de  Wajngarten ser confirmado. O secretário foi um dos participantes de um jantar oferecido por Trump no resort de Mar-a-Lago, de propriedade do líder norte-americano, na Flórida. No Brasil, Bolsonaro está sendo monitorado sobre possíveis sintomas da doença.

Wajngarten

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, foi a esposa do secretário de comunicação quem divulgou a informação em um grupo de Whatsapp, onde estão as mães da escola em que as filhas do casal estudam.

Leia também: Bolsonaro cancela viagem que faria hoje a Mossoró por coronavírus e Orçamento

“Meninas , bom dia: conforme e-mail da escola ontem, meu marido voltou de vagem de Miami ontem e fez o exame de covid que deu positivo” Disse Sophie. Agora, ele aguarda a contraprova de um segundo exame para confirmar ou não o contágio pelo coronavírus .

    Veja Também

      Mostrar mais