marcha paquistão
Reprodução
Caso aconteceu na cidade de Islamabade.

Um grupo de mulheres que participava de uma marcha do Dia da Mulher na cidade Islamabade, no Paquistão , foi atacado por um grupo de muçulmanos. Os agressores arremessaram pedras, sapatos e lama contra as manifestantes.

Leia também: Idoso perde duas pernas após ser atacado por elefante

O grupo que marchava era composto pela Brigada Mesquita Vermelha, por algumas militantes e por um partido aliado ao Talibã. As mulheres carregavam faixas que traziam a mensagem "Meu corpo, minha escolha". O material enfureceu os muçulmanos.

A Polícia da cidade fez barricadas para separar os dois grupos, que estavam dividindo a mesma rua. Ao final do ato, os agressores tentaram furar o bloqueio policial no local.

Depois do episódio, os conservadores se pronunciaram e condenaram as feministas do país. Segundo eles, elas estariam incentivando o anti-islamismo ao dizerem que as mulheres têm o direito de fazer o que quiserem.

    Veja Também

      Mostrar mais