Sangue que escorria pela parede era de vizinho morto há mais de uma semana
Twitter/Reprodução
Sangue que escorria pela parede era de vizinho morto há mais de uma semana


Um morador de um prédio em Minneapolis, Minnesota, descobriu que um vazamento na parede de seu apartamento era sangue do vizinho de cima, morto há mais de uma semana. Aj McCrady já tinha percebido as manchas na parede e estava incomodado, já há algum tempo, com um cheiro ruim, quando conversou com seu companheiro de apartamento e resolveu acionar a manutenção.

Os funcionários foram ao andar de cima para apurar a fonte do líquido que escorrida pela parede e encontraram o cadáver no apartamento acima. Mais tarde, a perícia constatou que o homem morreu dormindo.

Leia também: Após briga, jovem vai a stand de tiro para aliviar tensão e mata instrutor

A foto da parede e o relato do caso foram publicados por McCrady no Twitter; "Meu apartamento estava com um cheiro horrível e eu acabei de descobrir que o cara que vive acima está morto há mais de uma semana", escreveu.

“E antes que você pergunte, o corpo dele foi descoberto depois que o sangue vazou do teto para o nosso apartamento hoje de manhã. Tudo o que realmente sei sobre a situação é que o homem no andar de cima morreu dormindo. O corpo dele está se decompondo e o sangue conseguiu se infiltrar no nosso apartamento”, completou.

    Veja Também

      Mostrar mais