confinados na russia
Reprodução / Instagram @nd.nadias
Confinados tem compartilhado a rotina na quarentena nas redes sociais.

Quartos de um sanatório russo estão sendo utilizados para confinar 140 pessoas por conta do coronavírus . O local fica próximo a Tyumen, no meio de uma floresta fria da Sibéria. A Guarda Nacional da Russia está encarregada de não autorizar visitas no local. O grupo vivia em Wuhan, na China, considerado como epicentro mundial do coronavírus. Para driblar a jornada solitária, os confinados estão registrando a quarentena no Instagram.

Leia mais: Mulher é presa após simular sintomas do coronavírus para ser prioridade em UPA

O período de duas semanas rendeu diversas postagens nas redes sociais e traz a proximidade com o reality show. A rotina registrada em fotos divulga desde o jantar oferecido a filmes que estão assistindo na Netflix. Os confinados fazem sessões de perguntas e respostas para quem deseja tirar dúvidas sobre o que está acontecendo no alojamento. 

Ver essa foto no Instagram

Now I have good stories for my grandchildrens😂 #coronavirus

Uma publicação compartilhada por АлЁна, через Ё (@alyonasulaeva) em

"A quarentena é bem fácil e tranquila. A única coisa é que não podemos entrar em contato com as pessoas que estão nas salas vizinhas. Nós não deixamos nossos quartos. Eles nos trazem comida. Os médicos vêm nos testar: verificar nossas temperaturas, inspecionar nossas gargantas e medir a quantidade de oxigênio em nosso sangue", disse a modelo Pavel Lichman ao jornal The Guardian.

Com pijamas padronizados, os confinados fazem planos para as redes. Lichman pretende atualizar as contas do TikTok, se exercitar, ver TV e responder às solicitações jornalisticas. A única objeção dentro desses minutos de fama é a saída do quarto. Caso algum dos confinados da quarentena faça isso, a contagem dos dias zera e eles terão que ficar mais 14 dias.

Os quartos são separados para que até dois confinados permaneçam juntos. Cada dupla fica com o mínimo para passsar os dias. 

Coronavírus

Apesar dos cuidados com os moradores russos de Wuhan , nenhum apresentou sinais de coronavírus. O grupo chegou à Sibéria na quarta-feira (5) em aviões militares. Os russos foram recebidos por uma equipe com roupas de proteção. 


    Leia tudo sobre: bbb

    Veja Também

      Mostrar mais