A líder democrata Nancy Pelosi rasgou a cópia do discurso de Trump sobre o Estado de União
Reprodução/CNN
A líder democrata Nancy Pelosi rasgou a cópia do discurso de Trump sobre o Estado de União


O último discurso do atual mandato de Donald Trump sobre o Estado da União , tradicional relatório feito pelo presidente para reportar a situação do país e propor iniciativas legislativas, ficou marcado pela imagem da democrata Nancy Pelosi , presidente da Câmara, rasgando uma cópia do discurso que tinha em mãos. Mais tarde, questionada sobre o que a motivou a fazer aquilo, ela disse que o texto se tratava de “um manifesto de falsidades”.

Antes de rasgar o documento, Pelosi foi ignorada por Trump quando estendeu a mão para cumprimenta-lo. “Nós sempre estendemos a mão da amizade”, disse a congressista aos jornalistas. Quando questionada por um repórter se foi convidada para outro discurso do estado da união, ela respondeu: “Espero que não. Espero outro presidente daqui nove meses”.

Leia também: Em último discurso, Trump ataca Obama e exalta mandato: "estratégia deu certo"

A conta oficial da Casa Branca no Twitter fez uma publicação para condenar a atitude da democrata, dizendo que ela acabava de rasgar “uma dos últimos sobreviventes dos Tuskegee Airmen (grupo de pilotos de avião que lutaram na Segunda Guerra), a sobrevivência de uma criança nascida de 21 semanas, as famílias de luto de Rocky Jones e Kayla Mueller e a reunião de um membro do serviço com sua família”.

Todos esses foram temas abordados pelo presidente durante o discurso. “Esse é o legado dela”,

termina o texto publicado pela Casa Branca. Uma das principais opositoras de Trump, Nancy Pelosi foi a responsável por abrir o processo de impeachment contra o presidente. Tudo indicada que ele deve permanecer na presidência, com boas chances de ser reeleito.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Veja Também

      Mostrar mais