IstoÉ

Paul Allen Perez
Polícia de Yolo
Paul Allen Perez

Um homem suspeito de assassinar cinco de seus filhos foi preso pela polícia da Califórnia, nos Estados Unidos. Segundo as autoridades, os assassinatos começaram a ser descobertos em 2007, no condado de Yolo. O caso estava na lista de “arquivo morto”, mas novas pistas fizeram a polícia chegar ao nome de Paul Allen Perez, de 57 anos.

De acordo com o comunicado da polícia, em outubro de 2019, investigadores conseguiram descobrir, por meio de uma nova tecnologia de DNA, a identidade de um dos bebês mortos, encontrado por um pescador em março de 2007 dentro de um contêiner.

Leia também: Enfermeira é acusada de injetar morfina em bebês prematuros

Você viu?

A criança foi identificada como Nikko Lee Perez. O menino tinha apenas três meses de idade e apresentava “trauma contundente à força”. Após a identificação, os investigadores descobriram outros quatro irmãos de Nikko: Kato Allen Perez, nascido em 1992; Mika Alena Perez, nascida em 1995; Nikko Lee Perez, nascido em 1997; e Kato Krow Perez, nascido em 2001. Os corpos de três deles ainda não foram encontrados.

Com o cruzamento das informações, a polícia chegou ao suspeito, que já foi condenado por agressão sexual e outros crimes. Para o delegado responsável pelo caso, Tom Lopez, o caso é chocante. “Em 40 anos de trabalho, não consigo pensar em um caso mais chocante do que esse”.

Para a defensora pública de Perez, Tracie Olson, as investigações ainda não terminaram. “Até agora, parece que as evidências de DNA só conseguiram identificar Paul Perez como o pai biológico de um filho. Nada mais”, disse a defensora pública à CNN.

Se for considerado culpado, Perez pode ser condenado à prisão perpétua sem direito a liberdade condicional ou ainda a pena de morte.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários