Avião arrow-options
Reprodução/Twitter
Avião caiu na manhã desta segunda-feira em região da província de Gázni, no Afeganistão

Um avião de passageiros da empresa Ariana Airlines caiu na manhã desta segunda-feira (27) na província de Gázni, região central do Afeganistão.

Leia também: Mesmo com suspensão, Pará e São Paulo manterão mecanismo do juiz de garantias

Segundo informações de agências internacionais, Arif Noori, porta-voz do governo do Afeganistão, confirmou o acidente, que aconteceu por volta da 01h10 da madrugada no horário local no distrito de Deh Yak, que é comandado pelo Talibã, mas não deu mais detalhes sobre o número de mortos e feridos.

Em entrevista à Reuters, Mirwais Marzakwal, presidente da Ariana Airlines , desmentiu a informação de que a aeronave envolvida no acidente seja de sua empresa: "houve um acidente, mas não foi com um dos nossos aviões. Tínhamos apenas dois voos programados na região e ambos estão seguros".

Nas redes sociais, a empresa também publicou um comunicado, garantindo que não tem qualquer envolvimento com a queda notificada pelas autoridades afegãs: "a notícia publicada não é verdadeira. Todos os voos foram feitos sem problemas e estão seguros".

Ainda de acordo com as agências, a causa do acidente não foi confirmada pelas autoridades, mas há a suspeita de que um incêndio tenha acontecido antes da queda da aeronave.

Leia também: Chuvas causam inundações e deixam seis mil desabrigados no interior do Rio

A última vez que o Afeganistão teve um acidente áereo envolvendo uma aeronava de passageiros foi em 2005, quando um voo da Kam Air que partiu de Herat para a capital Cabul acabou caindo em uma região montanhosa do país, matando todas as 108 pessoas que estavam a bordo.

    Veja Também

      Mostrar mais