Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Alan Santos/PR
Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, comentou o ataque iraniano a uma base militar norte-americana no Iraque nesta quarta-feira (8), e ameaçou o Irã de um "golpe esmagador" caso tentem atacar. 

Netanyahu fez um pronunciamento oficial sobre o ocorrido e advertiu o Irã que dará uma "resposta retumbante" caso seu país seja atacado. Em sua conta do Twitter, ele afirmou ainda que o general iraniano Qasem Soleimani, morto em um ataque ordenado por Trump, é responsável pela morte de inúmeros inocentes. 

Leia também: Irã quer ver Estados Unidos fora da região e Iraque ameaça Washington

"Parabenizo o presidente Trump por sua coragem e determinação. A América não tem melhor amigo que Israel e Israel não tem melhor amigo que a América. Os desafios que enfrentamos não diminuem, mas estamos firmemente diante de nossos buscadores de almas. Quem tentar atacar sofrerá o golpe mais esmagador", escreveu o primeiro ministro israelense. 

O ataque contra base militar norte-americana no Iraque, ocorrido na noite desta terça-feira (7), deixou 80 mortos, de acordo com a TV estatal iraniana. O Irã assumiu a autoria do atentado e afirmou que a operação lançou dezenas de foguetes em vingança contra o assassinato do general Soleimani pelos Estados Unidos. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários