Donald Trump tenta a reeleição nos EUA em 2020
Agência Brasil
Donald Trump tenta a reeleição nos EUA em 2020


Após um ano de 2019 marcado por tensões comerciais e disputas políticas temperadas pelo nacionalismo, 2020 já começa com a perspectiva de turbulências no cenário internacional, mas também com a expectativa por uma nova edição dos Jogos Olímpicos. Veja abaixo alguns fatos que devem ser assunto ao longo dos próximos meses.

Impeachment e eleições

Trump vive um risco de impeachment nos EUA
Divulgação/Official White House/Shealah Craighead
Trump vive um risco de impeachment nos EUA


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, inicia 2020 acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso pela Câmara dos Representantes, dominada pelo Partido Democrata, e será julgado em breve pelo Senado, de maioria republicana.

Se for condenado, algo bastante improvável neste momento, Trump se tornará o primeiro chefe de Estado americano deposto por um processo de impeachment - Richard Nixon renunciou antes de ser cassado.

A expectativa é de que o julgamento aconteça ainda em janeiro, às vésperas das primárias democratas para a Presidência, que começam em 3 de fevereiro. Apesar de não ostentar altos índices de popularidade, Trump consolidou o apoio dos republicanos e deve entrar na corrida eleitoral como favorito, embora os perfis dos pré-candidatos de oposição sejam muito diferentes um do outro.

O moderado Joe Biden é o principal postulante a desafiar o presidente, mas os esquerdistas Bernie Sanders e Elizabeth Warren ameaçam o favoritismo do ex-vice de Obama.

Você viu?

Guerra comercial

Donald Trump, presidente dos EUA, com Xi Jinping, presidente da China, durante reunião do G20
Divulgação / Official White House Photo / Shealah Craighead
Donald Trump, presidente dos EUA, com Xi Jinping, presidente da China, durante reunião do G20


Ainda em janeiro, Trump deve assinar a primeira fase do acordo comercial com a China, que provocou uma trégua na guerra tarifária entre as duas maiores economias do planeta.

Mas as tratativas prosseguirão na sequência para a fase dois, e os EUA ainda têm disputas abertas com a União Europeia e podem recorrer a sobretaxas alfandegárias contra países que aderirem ao 5G chinês.

Brexit

Boris Johnson tem travado uma batalha com o Parlamento em função do Brexit
Reprodução/Facebook Boris Johnson
Boris Johnson tem travado uma batalha com o Parlamento em função do Brexit


Após dois anos e meio de negociações e reviravoltas, a saída do Reino Unido da União Europeia finalmente parece ser irreversível. O Brexit está marcado para 31 de janeiro de 2020, quando iniciará um período de transição válido até o fim do ano. Enquanto isso, Londres e Bruxelas negociarão os termos de sua relação futura e um possível acordo comercial.

Olimpíadas

Ginasta Alexandra Raisman foi ouro no solo nas Olimpíadas de Londres 2012
Reprodução
Ginasta Alexandra Raisman foi ouro no solo nas Olimpíadas de Londres 2012


Quatro anos depois do Rio de Janeiro, é a vez de Tóquio sediar os Jogos Olímpicos de Verão, que acontecem de 24 de julho a 9 de agosto e reunirão cerca de 11 mil atletas. Uma das maiores potências esportivas do mundo, a Rússia, está banida das Olimpíadas por causa de um escândalo de doping patrocinado pelo Estado, e atletas do país só poderão competir sob bandeira neutra - e se provarem que estão "limpos".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários