Tamanho do texto

Foram registradas as piores cheias em mais de 50 anos, tendo deixado submersos mais de 80% do território classificado como Patrimônio Mundial

Agência Brasil

Veneza está de novo em alerta máximo, com a previsão de mais uma maré alta, e o nível das águas pode subir até 1,6 metro. É a terceira vez em uma semana que a cidade italiana fica inundada.

Leia também: Documentário sobre área pobre de Roma leva o Leão de Ouro no Festival de Veneza

https://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/2019-10-03/racismo-contra-gravidas-pode-comprometer-desenvolvimento-das-criancas.html arrow-options
Reprodução/Twitter/LuigiBrugnaro
Veneza foi atingida por maior maré dos últimos 50 anos


Leia também: Veneza, na Itália, é atingida por maior maré dos últimos 50 anos; veja fotos

Na última terça-feira (12), foram registradas as piores cheias de Veneza em mais de 50 anos, tendo deixado submersos mais de 80% do território classificado como Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Leia também: Racismo contra grávidas pode comprometer desenvolvimento das crianças

Mais de 50 igrejas de Veneza sofreram estragos, assim como museus, lojas e restaurantes, numa cidade que recebe 36 milhões de turistas por ano.

Veneza foi atingida por maior maré dos últimos 50 anos arrow-options
Reprodução/Twitter/LuigiBrugnaro
Veneza foi atingida por maior maré dos últimos 50 anos