Buraco foi aberto em banheiro que não era vistoriado pelos policiais
Divulgação/Monterey Sheriff's Office
Buraco foi aberto em banheiro que não era vistoriado pelos policiais

Dois homens que estavam presos em uma cadeia na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, escaparam após cavarem um buraco de aproximadamente 55 cm no teto de um banheiro no local.

Leia também: Perdeu o primeiro dia do Enem? Entenda como fica a situação de quem faltou

Santos Samuel Fonseca, de 21 anos, e Jonathan Salazar, de 20, estão sendo procurados pela polícia desde o último domingo (3) e há uma recompensa de US$ 5 mil para quem souber o paradeiro dos fugitivos.

Segundo a polícia, o buraco foi aberto em um banheiro que não era inspecionado pelos seguranças do presídio. Os dois criminosos tinham 1,75 metros de altura e conseguiram subir até teto sem muita dificuldade. A abertura levava à uma área de manutenção onde havia apenas tubulações. A dupla rastejou pelo espaço até encontrar uma escotilha, por onde escapou. 

Ambos são acusados de assassinato e foram encarcerados ainda no ano passado. Fonseca matou dois homens em junho de 2018 e Salazar é acusado de executar um jovem de 20 anos em outubro de 2017.

Leia também: 300 dias de Bolsonaro: "meu governo é um dos mais democráticos dos últimos anos"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários