Tamanho do texto

Aeronave teve falha mecânica logo após deixar o solo em uma viagem que ele faria de Colquíri à cidade de Oruro; apesar do susto, presidente saiu ileso

Morales falando ao microfone arrow-options
R Martinez c./ABI
Evo Morales foi reeleito na Bolívia em meio a várias polêmicas

Um helicóptero que transportava o presidente da Bolívia , Evo Morales , nesta segunda-feira (4) teve uma falha mecânica e caiu segundos após deixar o solo. A aeronave transportaria o presidente de Colquíri , localidade que fica entre La Paz e Cochabamba , para a cidade de Oruro . De acordo com a imprensa local, o presidente ileso e ninguém mais ficou ferido.

Segundo um comunicado da Força Aérea Boliviana (FAB), houve um problema no rotor de cauda durante a decolagem. “A FAB, de acordo com os regulamentos, procederá para ativar o Conselho de Investigação de Acidentes; mais detalhes sobre o evento serão fornecidos de acordo com o andamento da investigação ”, disse a força áerea.

helicóptero,Evo Morales arrow-options
Reprodução/Twitter
Helicóptero ficou com a hélice traseira danificada

No Twitter, o presidente boliviano falou sobre o caso. "Tivemos um incidente com o helicóptero que será devidamente investigado. Graças a Deus, Pachamama (mãe terra) e nossas achachilas (espíritos protetores), estamos bem e ninguém se machucou. Agradecemos os numerosos sinais de solidariedade", escreveu.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o helicóptero cercado por um grupo de pessoas no momento em que ele decolava. Segundos depois, já há alguns metros de distância, é possível ver a aeronave voltando a descer rapidamente.

Em outras imagens obtidas pelo portal El Deber , um narrador diz que o helicóptero se chocou com uma estrutura metálica quando decolou, mas essa informação ainda não foi confirmada.