Atatiana Jefferson é mais uma vítima da violência policial nos Estados Unidos
Reprodução/redes sociais
Atatiana Jefferson é mais uma vítima da violência policial nos Estados Unidos

Uma mulher negra foi assassinada pela polícia dentro da sua própria casa na cidade de Fort Worth, no Texas, na madrugada de sábado (12). A mulher estava cuidando de seu sobrinho de oito anos quando foi atingida por um tiro.

Leia também: Mãe processa ex-parceiros do filho por forçá-lo a injetar silicone na genitália

Segundo informações do jornal local Fort Worth Star-Telegram , a polícia foi chamada por um vizinho que viu a porta da casa aberta. Em um vídeo divulgado pela própria polícia, é possível ver dois oficiais vistoriando a casa pelo lado de fora, usando lanternas para olhar pelas janelas. Quando avistaram Atatiana Jefferson , de 28 anos, os policiais gritaram para que ela colocasse as mãos para cima e atiraram imediatamente em seguida, sem ao menos terem se identificado. Ela morreu no local.

A polícia justifica que o policial atirou após perceber uma ameaça dentro de casa. O advogado da família, Lee Merrit, disse ao Star-Telegram após assistir o vídeo que “ele não teve tempo de perceber uma ameaça. Isso é assassinato ”. A família de Jefferson conta que ela estava cuidado do sobrinho de oito anos.

Leia também: Mais de 200 abusos! Maior pedófilo do Reino Unido é encontrado morto em cela

O policial responsável pelo disparo foi colocado em trabalho administrativo enquanto transcorre a investigação. O vizinho que chamou a polícia disse ao Star-Telegram que está abalado e chateado. “Eu sinto que é parcialmente culpa minha. Se eu nunca tivesse ligado para a polícia ela ainda estaria viva”, disse ao jornal. James Smith disse à rede de TV WFAA que Atatiana “não era uma ameaça”.

Centenas de pessoas se juntaram à família de Atatiana Jefferson em uma vigília na porta de sua casa no último domingo (13). A família pede uma investigação externa da polícia .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários