Tamanho do texto

Homem de 27 anos fez transmissão ao vivo, culpou imigração em massa, feminismo e judeus pela ação que terminou com duas pessoas mortas

homem atirando arrow-options
Der Spiegel / Reprodução
Homem foi preso pela polícia

O atirador alemão responsável pelo ataque que deixou dois mortos diante de uma sinagoga na cidade de Halle, na Alemanha, na manhã desta quarta-feira (9) tinha "tendências de extrema direita" e transmitiu o ataque ao vivo pela plataforma Twitch.

Identificado apenas como “Stephan B” na plataforma, o homem iniciou a transmissão ao vivo com uma câmera acoplada na cabeça e falou sobre os motivos que fizeram ele cometer o ataque. 

Leia também: Ataque diante de sinagoga na Alemanha deixa pelo menos dois mortos

“O feminismo é a causa do declínio nas taxas de nascimento no Oeste, o que serve de justificativa para a imigração em massa. A raiz de todos esses problemas são os judeus ”, afirmou o homem antes de iniciar o crime.

Segundo sites de notícia alemães, o rapaz matou uma idosa que andava na rua e um homem, que chegou a tentar se esconder atrás de um freezer, antes de fugir. Ele foi preso após perseguição policial. O vídeo foi retirado da plataforma em poucos minutos.