bernie sanders
Reprodução/Twitter/BernieSanders
Bernie Sanders, ao centro, durante evento sobre o clima na Universidade de Georgetown, em Washington

O senador democrata dos Estados Unidos, Bernie Sanders, foi hospitalizado nesta terça-feira (1º) após sentir dores no peito , interrompendo a campanha. Sanders, de 78 anos, teve dois stents colocados após ser detectado um bloqueio em uma artéria, informou sua campanha nesta quarta-feira (2).

Leia também: Aviões passam entre prédios e assustam moradores na Austrália, assista

"O Senador Sanders está se recuperando e está de bom humor", disse o assessor Jeff Weaver em um comunicado. "Ele vai descansar pelos próximos dias. Cancelamos seus eventos de
campanha e aparições até notícia em contrário."

Sanders participaria de um fórum sobre armas em Las Vegas, nesta quarta-feira, com a presença de outros candidatos, e seguiria depois para a Califórnia. Nas última semanas, ele
manteve um ritmo intenso de eventos, com viagens a várias cidades em intervalos curtos de tempo.

Em sua segunda campanha pela indicação democrata na eleição presidencial — a primeira foi em 2016 — Sanders aparece em terceiro nas pesquisas, atrás de Joe Biden e Elizabeth
Warren. Em sua plataforma, defende ações para a redução da desigualdade, aumento de gastos com ações sociais e redução das despesas com as Forças Armadas, além do foco na
diplomacia e cooperação internacional. 

Leia também: Polícia resgata 19 mulheres e quatro crianças de 'fábrica de bebês' na Nigéria

Bernie Sanders também coloca como prioridades ações para o meio-ambiente, uma reforma do sistema de imigração e controles mais estritos na venda de
armas de fogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários