Vaso com 18 quilates de ouro foi roubado
Reuters/Arquivo
Vaso com 18 quilates de ouro foi roubado

Ladrões roubaram um vaso sanitário inteiramente produzido em ouro 18 quilates que fazia parte de uma exposição de arte no  Palácio de Blenheim  , em Oxfordshire, na Inglaterra, durante a madrugada deste sábado. Obra do artista italiano Maurizio Cattelan, o objeto intitulado  America  mantinha sua função original como peça de banheiro — no local, inclusive, os visitantes eram convidados a usá-la.

Leia também: Trezentas moedas de ouro da época do Império Romano são encontradas na Itália

Segundo relatos da polícia à imprensa, o assalto causou danos e alagamentos graves ao lugar, já que a peça estava ligada ao encanamento do palácio. Anteriormente exposta no Museu Guggenheim, em Nova York , a obra ganhou fama em 2018, quando o presidente Donald Trump solicitou à instituição uma pintura de Van Gogh para decorar a Casa Branca. Em resposta, a diretora do museu não só negou o pedido como ofereceu, no lugar de um quadro do artista holandês, a tal privada em ouro maciço.

Nesta manhã, o Palácio de Blenheim permanece fechado ao público. Incluído na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco, o local foi o berço do líder britânico Winston Churchill (1874-1965). Normalmente, os jardins e as instalações principais, datados do século XVIII, são abertos para a visitação. Um homem de 66 anos foi preso, suspeito de envolvimento no crime.

"Os criminosos invadiram o palácio durante a noite e deixaram o local às 4h50. Ninguém ficou ferido durante o roubo", afirmou o porta-voz da polícia local, o inspetor Jesse Milne. "Mas houve prejuízos significativos, porque a privada estava presa ao cano do edifício. Acreditamos que o grupo de criminosos usou pelo menos dois veículos durante o assalto."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários