Tamanho do texto

O padre roubou pelo 100 mil dólares da igreja e gastou com luxuosas viagens

IstoÉ

Joseph McLoone arrow-options
Reprodução/redes sociais
Joseph McLoone


Um padre católico foi preso no estado americano da Pensilvânia por roubar cerca de 100 mil dólares de uma igreja e gastar em uma casa de praia, viagens, jantares e com homens com quem mantinha relacionamentos sexuais, segundo autoridades locais. As informações são do USA Today .

Leia também: Ao lado do presidente, padre toca berrante para seguidores de Bolsonaro

Joseph McLoone , de 56 anos, foi detido por roubo e por transferir dinheiro de fundos de caridade para uma conta pessoal secreta. “Ele usou da posição de líder e seu fiéis acreditaram nele cegamente com generosas doações para a igreja”, disse o promotor Charles Gaza.

De acordo com as investigações, o padre pegou cerca de 100 mil dólares desde que assumiu a atual função, em 2011. Autoridades afirmam que o dinheiro foi gasto com viagens, uma casa de praia em Nova Jersey e com homens que ele conhecia em aplicativos de relacionamento. O dinheiro doado para igreja seria, segundo o padre contava, usado para ajudar detentos da região.