Tamanho do texto

Leilão ocorre no próximo dia 20, data do 50° aniversário do primeiro pouso do homem na lua; documento tem anotações feitas à mão pelos astronautas

Manual voo Apollo 11 arrow-options
Reprodução/Christie's
Leilão das peças acontece no dia 20 deste mês, data que celebra os 50 anos do primeiro pouso na lua

No próximo dia 20 de julho, será comemorado o 50° aniversário do primeiro pouso do homem na lua, realizado pela equipe da Apollo 11. Para celebrar a data, a casa de leilões Christie's leiloará uma relíquia: o manual de voo da espaçonave, com anotações feitas à mão pelos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin.

Leia também: Foto de eclipse tirada por brasileiro é a "Imagem do Dia" da Nasa

Segundo informações da CNN, a expectativa é arrecadar até R$ 34 milhões (9 milhões de dólares) com o documento, que contém notas de procedimento de voo, checklists das tarefas realizadas pela equipe e até dados sobre a viagem da Apollo 11 até o satélite natural da Terra. Este será apenas um dos sete itens envolvendo a histórica viagem que serão leiloados na data. 

"Livro mais caro a ser leiloado"

Apesar de toda a memorabília que será oferecida, como mapas lunares, autógrafos dos astronautas e cerca de 200 outros itens envolvendo o tema espacial , a expectativa da casa recai mesmo sobre o manual, oficialmente chamado de 'Livro da linha do tempo do Módulo Lunas Apollo 11 '.

"Tenho trabalhado com leilões nos últimos 20 anos e, sem sombra de dúvidas, este é o momento mais emocionante da minha carreira", afirmou Christina Geiger, responsável pela área de livros e manuscritos da Christie's. Segundo ela, este deve ser o leilão mais caro da história de um livro impresso.

"Este não é apenas o documento mais importante da história espacial , mas algo que dificilmente será igualado. Mesmo que a raça humana consiga pousar em marte , os dados desta viagem não devem ser impressos ou utilizados como este foi. É um artefato da história humana", afirmou Geiger.

Ela ainda deu detalhes sobre o documento , revelando que uma das páginas foi impressa de cabeça para baixo e que a maioria delas foi utilizada pelos astronautas para anotações e correções, realizadas ainda no Centro Espacial da Nasa , em Cabo Canaveral , dias antes do voo oficial.

Leia também: 'Fogos de artifício'! Nasa divulga imagens da maior explosão estelar da galáxia

Outros itens

O leilão do dia 20 deve contar também com uma bandeira que esteve na Apollo 11 durante a viagem, avaliada em R$ 133 mil, uma placa solar da Apollo 13 , que ficou famosa por ter abortado seu pouso na lua, uma escova utilizada para limpar as câmeras da Apollo 14 , que deve render até R$ 660 mil, e até uma alça de alavanca da Apollo 12 , ainda com poeira lunar.