Tamanho do texto

O epicentro do tremor de magnitude 7,1 foi registrado a 17 km de Ridgecrest, a 250 km de Los Angeles e sentido em cidades vizinhas; confira

Um terremoto de magnitude 7,1 atingiu o sul da Califórnia, nos Estados Unidos, na noite desta sexta-feira (05). O tremor foi o mais forte dos últimos 20 anos na região, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). 

Leia também: Terremotos podem deslocar a Califórnia dos EUA? Entenda a Falha de San Andreas

terremoto
REPRODUÇÃO/TWITER
Terremoto atingiu região Sul da Califórnia


O tremor, segundo em dois dias na cidade, aconteceu às 20h33 no horário local, 0h33 deste sábado (06) no horário de Brasília, e o epicentro foi registrado a 17 km de Ridgecrest, a 250 km de Los Angeles , onde o terremoto também foi sentido, assim como em Phoenix, Las Vegas e Reno.

O tremor acabou causando incêndios, deslizamentos e outros danos em Ridgecrest e Trona e outras cidades do deserto de Mojave, abaladas pelos dois últimos terremotos.

Leia também: Terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter atinge o sul da Califórnia

De acordo com o Los Angeles Times , cerca de 3.000 moradores de Ridgecrest e nas áreas vizinhas estão sem energia. Já em Los Angeles não houve relatos imediatos de grandes danos em edifícios e infraestrutura. O corpo de Bombeiros do condado de San Bernardino informou que uma pessoa teve ferimentos leves.


Gavin Newsom, governador da Califórnia , declarou estado de emergência para o condado de San Bernardino. Na quinta (04), quando o primeiro tremor foi sentido, a medida já havia sido tomada.

Leia tmabém: Vídeos registram pânico após terremoto nos EUA: "Pensei que o chão fosse abrir"

Em Ridgecrest tem uma base da Marinha americana onde um amplo espaço deserto são testados bombas e mísseis. O terremoto provocou danos no complexo, incêndios e  vazamentos de água. De acordo com o major-general David Baldwin, uma força-tarefa conjunta com 200 forças de segurança e aeronaves militares será enviada para ajudar.