Tamanho do texto

Droga estava em contêineres de navio que saiu do Chile e seguiria para países da Europa. Valor estimado da carga seria de US$ 1 bilhão

Navio com 16,5 toneladas de cocaína
Reprodução/NBCPhiladelphia
Autoridades da Filadélfia apreenderam 16,5 toneladas de cocaína em porto da cidade

As autoridades da Filadélfia, no estado americano da Pensilvânia , apreenderam uma carga de 16,5 toneladas de cocaína no porto da cidade. A droga estava armazenada em contêineres de um navio que saiu do Chile e que seguiria para a Europa, com paradas na França e na Holanda.

Leia também: Bolsa revela cocaína e outras drogas consumidas por indígenas há mil anos

Segundo a procuradoria regional da Pensilvânia, responsável pelo caso, a cocaína apreendida hoje teria um valor de venda nas ruas estimado em US$ 1 bilhão . De acordo com o site NBCPhiladelphia , esta foi a maior apreensão da droga da história da região.

Eles acreditam que a droga tenha sido embarcada depois que o navio deixou as Bahamas, uma das escalas realizadas antes de chegar à Pensilvânia. A tripulação foi presa, acusada de tráfico.

Leia também: Dia de folga? 'Homem-Aranha' é flagrado lavando telhado de casa nos EUA; assista

Nos últimos meses, as autoridades do nordeste dos EUA fizeram uma série de grandes apreensões de cocaína . Na última delas, em maio, uma tonelada e meia da droga foi encontrada no porto de Nova York/Newark. Quase sempre o destino era a Europa.