Tamanho do texto

Existem relatos de que os projéteis disparados em direção ao Mar do Japão incluíam armas que se assemelhavam a mísseis balísticos de curto alcance

Mike Pompeo
Agencia Brasil/reprodução
Segundo secretário de Estado, há relatos de que disparos incluíam armas que se assemelhavam a mísseis de curto alcance

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, declarou que não exclui a possibilidade de que os projéteis lançados pela Coreia do Norte, no último sábado (4), tenham incluído mísseis balísticos de curto alcance.

Existem relatos de que os projéteis disparados pela Coreia do Norte em direção ao Mar do Japão incluíam armas que se assemelhavam a mísseis balísticos de curto alcance.

Leia também: Donald Trump rompe trégua e anuncia novas tarifas contra China

Pompeo disse, no último domingo (5), que os foguetes eram de curto alcance e não mísseis balísticos intercontinentais. Acrescentou que os Estados Unidos vão examinar mais detalhes dos lançamentos de sábado.

Para Mike Pompeo, os projeteis não apresentavam uma ameaça aos Estados Unidos , à Coreia do Sul ou ao Japão . Ele afirmou que os Estados Unidos esperam voltar às negociações com a Coreia do Norte.

Leia também: Rússia pede que EUA desistam de 'plano irresponsável' para derrubar Maduro

O secretário ressaltou que a política da administração de Trump sobre a Coreia do Norte não foi alterada, e que vão continuar as negociações com o objetivo de desnuclearizar o país.

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)