Tamanho do texto

Presidente dos Estados Unidos tenta convencer a população da emergência em agir na fronteira com o México, mas oposição ataca decisão

undefined
Reprodução/ Twitter @realDonaldTrump
Trump é pressionado pela Câmara dos EUA após decreto de emergência


A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, controlada pelo Partido Democrata, entrou com uma ação em uma corte federal de Washington para derrubar o decreto do presidente Donald Trump que declara emergência na fronteira com o México.

Leia também: Donald Trump reforça posição contra imigração ilegal

Tanto a Câmara quanto o Senado, este de maioria republicana, aprovaram em março passado a revogação da declaração de emergência, mas a resolução acabou vetada por Trump , uma decisão inédita em seu governo.

Na ação, a Câmara diz que o presidente age em "aberto desprezo" contra a vontade do Congresso. Uma causa semelhante é movida por 21 estados americanos. O presidente dos EUA declarou emergência para obter os recursos necessários para a construção do muro na fronteira com o México, já que os democratas rejeitaram financiar a obra.

A oposição, por sua vez, nega a existência de uma crise migratória na divisa, como prega Donald Trump .