Tamanho do texto

Segundo informações da CNN, queda aconteceu a cerca de 50 km do lugar de decolagem; não havia passageiros a bordo, mas o piloto morreu

Uma das testemunhas disse aos repórteres da CNN que viu o avião
Reprodução/Twitter (@CitizenTruth_)
Uma das testemunhas disse aos repórteres da CNN que viu o avião "dar um loop completo" antes de voar "praticamente na vertical"

Na noite desta sexta-feira (10), um funcionário da Horizon Air roubou um avião no Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma, no estado de Washington (Estados Unidos), decolando sem permissão e caindo na ilha de Kreton pouco tempo depois.

Leia também: PF aponta quatro razões para queda de avião que vitimou Eduardo Campos

À  TV CNN , o xerife responsável pela área disse que não se trata de um ato terrorista e que não havia passageiros a bordo do avião além do piloto, que morreu com a queda. A polícia acredita que o funcionário, que tinha 29 anos e trabalhava como mecânico, era suicida.

John Waldron, uma das testemunhas, disse aos repórteres da CNN que viu a aeronave "dar um loop completo" antes de voar "praticamente na vertical". "Ele conseguiu voltar à posição normal e depois foi em direção à ilha", completou.

O avião foi roubado por volta das 20h do horário local (à meia-noite deste sábado, no horário de Brasília). Dois caças militares foram acionados para conter a aeronave, mas não se envolveram na queda, segundo contou a polícia.

Alguns usuários do Twitter compartilharam vídeos do momento em que o avião começou a perder altitude. Confira:


Momentos antes da queda

Uma gravação mostrou que os controladores de tráfego tentaram convencer o funcionário a pousar o avião antes de cair na ilha. Segundo o jornal The Seattle Times , o homem parecia "despreocupado e selvagem".

Leia também: Queda de avião turístico de pequeno porte nos Alpes suíços deixa 20 mortos

No áudio, é possível ouvir o funcionário da Horizon Air começando a se preocupar com a quantidade de combustível que ainda tinha disponível. Ele também sugere que conseguiria pousar o avião porque tinha jogado video game.

Em outro momento da conversa, segundo a CNN e o The New York Times , o funcionário disse ter muitas pessoas que se importam com ele que ficariam decepcionadas quando soubessem o que fez. "Eu gostaria de pedir desculpas a todos, a cada uma delas. Tenho alguns parafusos soltos, eu acho", devaneou.

Investigações

Em comunicado, o chefe da Alaska Airlines, companhia de que a Horizon Air é subsidiária, afirmou que diversas agências federais estão envolvidas nas investigações sobre o ocorrido. "Estamos trabalhando com a Administração Federal de Aviação, o FBI e o Conselho Nacional de Segurança no Transporte e dando nosso total apoio e cooperação aos investigadores", disse Brad Tilden.

Leia também: Passageiro grava momento da queda de dentro de avião no México; veja

Constance von Muehlen, chefe de operações da companhia aérea, gravou um vídeo lamentando o incidente. "Nossos corações estão com a família do indivíduo a bordo do avião , assim como com os nossos funcionários da Alaska Airlines e da Horizon", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.