Tamanho do texto

Porta-voz oficial da operação disse que 90 mergulhadores participaram da operação e médicos estão auxiliando na operação que pode durar até 4 dias

Para receber o grupo preso na caverna na Tailândia, trinta equipes médicas contam com helicóptero e ambulância
Reprodução/ YouTube/ Channel NewsAsia
Para receber o grupo preso na caverna na Tailândia, trinta equipes médicas contam com helicóptero e ambulância

Tailândia começou neste domingo a operação de resgate dos 12 garotos e o técnico preso em uma caverna há 16 dias. O porta-voz oficial da operação, Narongsak Osottanakorn, disse em entrevista coletiva que quatro dos 12 meninos foram resgatados e levados diretamente para o hospital. Os garotos viajaram um quilômetro debaixo d'água com a primeira saída da caverna na Tailândia às 17h40 (horário local).

Os mergulhadores agora precisam de 10 a 20 horas para se prepararem para o próximo estágio da operação na caverna na Tailândia . "Nossa operação foi mais bem-sucedida do que esperávamos", disse Narongsak Osatanakorn. 

Segundo a BBC , o porta-voz informou que 90 mergulhadores participaram da operação – 40 da Tailândia e 50 do exterior. De acordo com a agência EFE, outros dois garotos já teriam chegado a chamada "caverna 3". Neste local, segundo a imprensa o risco já é bem menor.

Anteriormente, a agência de notícia  Reuters e a imprensa local informaram que seis garotos teriam deixado o complexo de cavernas de Tham Luang. No entanto, a marinha tailandesa confirmou que apenas quatro meninos estão fora da caverna. A rapidez no resgate tem sido atribuída ao baixo nível da água na caverna.

Os quatro resgatados receberam exames preliminares no local e foram levados para um hospital em Chiang Rai, a cidade mais próxima. Um foi levado de avião e três chegaram de ambulância. A indentidade dos meninos liberados não foi divulgada.

Operção de resgate começou neste domingo

A operação de resgate do grupo de 12 garotos e o técnico começou durante a madrugada deste domingo (no horário de Brasília). Segundo as autoridades locais, eles serão retirados em quatro grupos – um com quatro pessoas e os outros com três. O resgate pode durar até quatro dias.

De acordo com a mídia local, os médicos avaliaram os meninos dentro da caverna no sábado e elaboraram uma lista de evacuação prioritária com os mais fracos para serem resgatados primeiro e os mais fortes para saírem por último.

Dois mergulhadores irão acompanhar cada um dos garotos presos. Os meninos usarão máscara facial para passar por trechos inundados. Uma corda ajudará a guiar o grupo.

Para chegar ao grupo, os mergulhadores têm que atravessar cerca de 1,7 quilômetro de passagens estreitas em cada viagem para o interior da caverna. O caminho, que entre ida e volta leva cerca de 11 horas, possui trechos de visibilidade nula e correntes de água, partindo de um posto provisório no interior da caverna.

Narongsak Osatanakorn afirmou que a operação não é só submersa nas águas que inundaram a galeria. Com o bombeamento constante de água para fora da montanha, pontos antes totalmente inundados podem ser feitos caminhando.

Para receber o grupo, trinta equipes médicas estão estão de prontidão, cada uma com helicóptero e ambulância.

Um fator agravante para o processo de resgate é a previsão da chegada de mais chuvas, previstas deste domingo (8) até quarta-feira (11). As autoridades também decidiram dar ondem para que mais de mil profissionais de comunicação deixem o local.

Grupo em caverna na Tailândia estava desaparecido

Doze adolescentes de um time de futebol que estavam desaparecidos há nove dias dentro de uma caverna na Tailândia
Reprodução/Twitter
Doze adolescentes de um time de futebol que estavam desaparecidos há nove dias dentro de uma caverna na Tailândia

O grupo foi localizado na última segunda-feira (2) . De acordo com o governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osottanakorn, oficiais das forças navais do país encontraram os adolescentes dentro da caverna Tham Luang.

Com idade entre 11 e 16 anos, os garotos e o treinador, de 25 anos, estavam desaparecidos desde 23 de junho, quando teriam entrado na caverna durante um passeio – e foram surpreendidos por chuvas torrenciais, que impediram a entrada de mergulhadores profissionais para o resgate.

Leia também: Governo anuncia morte de mergulhador em tentativa de resgate na Tailândia

Eles teriam pedalado até o local depois do treino e podem ter entrado na  caverna na Tailândia  por um túnel estreito de 15 metros que ficou completamente cheio de água devido à forte chuva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.