Tamanho do texto

Emile Georges Jean-Petit, de 99 anos, foi para a Suíça cuidar de sua saúde em 2014 e desde então não falava com esposa por ter perdido seus contatos

Reencontro de amor entre casal mobilizou autoridades suíças e tailandesas após idosos passarem quatro anos sem contato
Reprodução/Youtube
Reencontro de amor entre casal mobilizou autoridades suíças e tailandesas após idosos passarem quatro anos sem contato

Um homem de 99 anos protagonizou uma situação emocionante com sua esposa após passar quatro anos sem conseguir contatá-la. Emile Georges Jean-Petit-Matile morava na Tailândia com Krajai, de 70 anos, porém, em 2014, ao viajar à Suíça para realizar um tratamento médico, perdeu o endereço e todos os telefones de contato da companheira, prolongando, assim, o tempo até o grande reencontro de amor do casal. As informações são do jornal Metro .

Leia também: Justiça exige que crianças separadas na fronteira voltem para os pais em 30 dias

Emile e Krajai, que são casados há mais de 20 anos, ficaram sem manter contato por quatro anos enquanto o idoso foi obrigado a permanecer na clínica por não estar apto a viajar sozinho. Depois do reencontro de amor , a tailandesa relatou à imprensa local que devido ao longo período sem receber notícias, pensou que o esposo havia falecido, o que a fez voltar para a casa da família.

“Passei tantos anos sem saber de Emile, que pensei que estava morto. Fiquei extremamente triste e decidi deixar nossa casa e ir morar com meus parentes em uma ilha vizinha. Eu não sabia como entrar em contato, por isso esperava ele me ligar. Foram anos angustiantes para nós”, contou a mulher.

Leia também: Menino de três anos morre durante o sono e médicos não conseguem achar a causa

Reencontro de amor do casal de idosos na Tailândia

Casal se reencontrou após quatro anos separado
Reprodução/Youtube
Casal se reencontrou após quatro anos separado

Emile contou que, após perder o caderno em que tinha anotado todos os contatos de seus familiares, pensou que nunca mais conseguiria retornar à Tailândia e rever a esposa e parte de sua família. Ele afirmou que depois de tentar localizar Krajai diversas vezes, decidiu procurar a polícia do turismo, que, enfim, o ajudou a ser transferido do país.

Na terça-feira (26), o idoso desembarcou no aeroporto de Suvarnabhumi e pegou uma balsa até o porto onde viu a esposa esperando por ele após quatro anos separados. O major Surachet Puangphan e o diretor do aeroporto de Suvarnabhumi, Kittipong Kittikachorn, ficaram responsáveis por garantir a reunião entre o casal.

Leia também: Mulheres na Arábia Saudita podem, pela primeira vez, dirigir

“Mesmo quando você está velho e seu corpo mal funciona, os sentimentos bons permanecem fortes. Esse é, com certeza, o momento mais feliz da minha vida. Sou extremamente grato a todos que se mobilizaram para tornar isso possível. Eu havia perdido todos os contatos de minha esposa, mas nunca deixei de acreditar que nos veríamos de novo. Estou muito feliz em vê-la e prometo que agora não nos desencontraremos mais”, ressaltou o idoso durante o reencontro de amor com a esposa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.