Tamanho do texto

Durante um evento na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos afirmou que a criação da Força Espacial e o desenvolvimento de estratégias para confrontos armados no espaço são prioridades de seu governo atualmente

Trump voltou a falar sobre a o desenvolvimento de uma força espacial para os EUA  em um evento nesta semana
Reprodução/CNN
Trump voltou a falar sobre a o desenvolvimento de uma força espacial para os EUA em um evento nesta semana

Uma nova força espacial potente pode ser criada nos Estados Unidos para combater em guerras extraterrestres. Isso foi o que afirmou o presidente do país, Donald Trump , diante da possibilidade de "uma guerra no espaço" nas próximas décadas.

Leia também: Terraplanistas garantem que Austrália não existe e que australianos são robôs

Informações do The Times apontaram que essa já era uma questão pautada pelo presidente dos EUA anteriormente, entretanto, devido a outras prioridades e assuntos importantes para agenda americana, acabou sendo vista como secundária. Contudo, Trump voltou a falar sobre o desenvolvimento de uma força espacial e citou a retomada de estratégias para um potencial confronto armado fora do planeta Terra.

Projetos para as guerras extraterrestres de Trump

A Rússia e a China já afirmaram estar desenvolvendo armamentos próprios para o espaço, o que inclui mísseis desenvolvidos para atingir satélites. Em relação aos Estados Unidos, a prioridade está ema aumentar suas táticas de defesa por meio de armas espaciais, como o Veículo de Teste Orbital X-37B e mísseis hipersônicos.

Os detalhes foram explicitados pelo republicano durante uma premiação realizada na Casa Branca no início desta semana para a entrega do troféu Comandante-Chefe para o time de futebol americano Black Knights do Exército dos EUA.

Leia também: Nasa lançará nave para escavar solo de Marte e descobrir formação do planeta

Durante seu discurso no evento, o presidente listou cinco ramos das Forças Armadas dos Estados Unidos, sugerindo que uma sexta ainda estava sendo estudada. “Estamos pensando muito na criação de uma Força Espacial. Isso faz sentido? Porque estamos ficando muito grandes no espaço, tanto militarmente quanto por outras razões”.  

Em abril deste ano, um relatório esboçou preocupações de que uma guerra espacial possa estar se formando mais rápido do que muitos previam, e que os líderes mundiais estão visivelmente despreparados.

O Departamento de Defesa dos EUA alertou que o país não está pronto para uma guerra espacial, enquanto a Rússia e a China já desenvolveram tecnologias poderosas para tal acontecimento.  

Leia também: Última teoria de Stephen Hawking expõe existência de universos paralelos finitos

Porém, assim como  Trump , o chefe da Força Aérea dos EUA, general David Goldfein, acredita que uma guerra espacial representa uma possibilidade real para os próximos anos.  Segundo ele, o país precisará de novas ferramentas, treinamento especializado e bilhões de dólares em financiamento para se preparar para o combate em órbita.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.