undefined
Reprodução/Cornie Viljoen
A bebê Grace April foi encontrada e resgatada por duas pessoas; ela passa bem e está sob cuidados de assistência social

Um bebê recém-nascido foi abandonado em um bueiro e resgatado, na manhã dessa segunda-feira (9), na África do Sul. De acordo com o Daily Mail , Charmaine Keevy, 63 anos, saiu para passear com o seu cachorro em Port Elizabeth, quando o animal começou a latir desesperadamente, andando em direção a uma espécie de vala de esgoto.

Leia também: Casal se distrai com selfie e deixa filho recém-nascido cair no mar na Itália

A mulher conta que, ao ouvir barulhos estranhos, pensou se tratar de um gato. Porém, logo mudou de opinião ao escutar um choro abafado vindo do bueiro, que estava tampado com uma peça móvel de concreto. Ela disse que, devido a suspeita de ser um  bebê preso no local, decidiu pedir ajuda em uma estrada próxima, onde encontrou o motorista Cornie Viljoen, 60 anos, para auxiliá-la no resgate.

Vilijoen explicou que, após retirarem a tampa da vala, encontraram a criança nua e cercada por formigas vermelhas. “Quando eu consegui entrar na vala, muitas formigas começaram a me morder, e foi então que avistei a criança. Eu não sabia se ela estava machucada, mas tinha certeza que precisávamos chamar uma equipe de socorro o mais rápido possível”, disse.

Resgate e estado de saúde do bebê

A porta-voz da Saúde Provincial, Sizwe Kupelo, informou que os bombeiros e a polícia foram responsáveis pelo resgate da recém-nascida, achada ainda com o cordão umbilical, e sofrendo de hipotermia e problemas respiratórios. 

Leia também: Adolescente de 17 anos é baleada e morre por causa de milkshake em Londres

Levada às pressas para o Hospital Dora Nginza para tratamento de emergência, a menina tem o estado de saúde estável e foi batizada pela equipe médica de Grace April.

undefined
Reprodução/Cornie Viljoen
Charmaine Keevy, 63 anos, encontrou criança em Port Elizabeth

Charmine, que encontrou a pequena Grace, afirma que a garota se recupera de uma infecção viral causada pela exposição ao frio, mas que está saudável e sob cuidados da assistente social Pamela Rubushe.

“Acredito sinceramente que eu deveria encontrar Grace, já que costumo fazer uma rota totalmente diferente da que tracei ontem. Espero que ela encontre um lar e que seja muito amada. Ela, com certeza, é um milagre”.

Leia também: Novos conflitos deixam ao menos sete palestinos mortos na Faixa de Gaza

 A porta-voz da polícia, coronel Priscilla Naidu, afirmou que há suspeitas de que duas pessoas tenham atuado no abandono do bebê , devido ao peso da tampa de concreto do bueiro. Ela ressaltou que uma investigação sobre ocultação e abandono de menores está em andamento, e que permanece aguardando a visita de testemunhas e dos pais da criança.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários