Mark Anthony Conditt é suspeito de ser o
Reprodução / Facebook
Mark Anthony Conditt é suspeito de ser o "serial bomber" responsável pelas explosões em Austin , no Texas

A polícia do Texas, nos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira (21) que o responsável por cinco explosões no estado  explodiu uma bomba dentro do carro em que estava, perto de Austin. Mark Anthony Conditt se suicidou antes da chegada da polícia, afirmaram as autoridades.

O jovem de 23 anos é o principal suspeito de ser o "serial bomber" que nas últimas semanas teria detonado cinco bombas no Texas , matando duas pessoas. Em um primeiro momento, a imprensa local publicou que a polícia tinha matado o suspeito. No entanto, de acordo com as autoridades, os agentes até atiraram no homem, mas, antes de ser atingido, o rapaz de 24 anos se suicidou detonando um explosivo.

A polícia agora iniciará uma investigação para descobrir o nome do "serial bomber" e os motivos que o levaram a cometer ao menos cinco explosões nas últimas semanas, deixando dois mortos e vários feridos.

Leia também: Tiroteio em escola secundária de Maryland deixa pelo menos três feridos nos EUA

Explosões

Na terça-feira (20), um pacote-bomba explodiu no centro de distribuição da empresa de serviços postais FedEx deixando uma pessoa ferida. No domingo (18), um outro pacote-bomba explodiu deixando pelo menos duas pessoas feridas. O caso aconteceu horas após as autoridades do estado terem feito, justamente, um apelo contra ataques do tipo. 

Você viu?

No dia 2 de março, um homem de 39 anos morreu após a explosão de uma bomba do tipo e, mais tarde, no dia 12, um jovem de 17 também perdeu a vida com um ataque semelhante. Ainda no dia 12 de março, uma senhora de 72 anos, de origem hispânica, também ficou gravemente ferida.

Desde o dia do segundo ataque, a polícia investiga a hipótese de que tais bombas estejam ligadas a crimes de ódio racial. "Temos duas vítimas afro-americanas, e a deste último incidente foi uma mulher hispânica de 75 anos. Portanto, ainda estamos trabalhando para determinar se isso pode ou não ter algum papel, mas não vamos descartar isso", disse o chefe de polícia, na época. 

Leia também: Trump liga para Putin a fim de parabenizá-lo pela reeleição e marcar encontro

Apesar de ter encontrado o principal suspeito, a polícia do Texas teme que outros pacotes com explosivos estejam em circulação ainda, os quais teriam sido postados antes da morte do jovem. 

* Com informações da Ansa

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários