As autoridades já começaram uma investigação para causas da morte da menina na creche  (foto meramente ilustrativa)
Creative Commons
As autoridades já começaram uma investigação para causas da morte da menina na creche (foto meramente ilustrativa)


Uma menina de apenas três anos morreu congelada ao ser esquecida do lado de fora da creche, em Moscou, na Rússia. De acordo com o portal Mirror , o corpo de Zakhra Rzayeva foi encontrado, nesta sexta-feira (16), no parque externo da escola, onde as temperaturas marcavam -5ºC.

Leia também: Comerciantes jogam 15 toneladas de entulho em casa de cliente "caloteiro"

A mídia local noticiou que, nesta manhã, os professores levaram todas as crianças da  creche para uma caminhada, e duas horas após retornarem para as salas de aula perceberam a ausência de Rzayeva, que foi encontrada, já sem vida, atrás de uma pilha de neve.

Uma investigação está sendo conduzida e todos os professores e funcionários da creche, identificada como “educação infantil 2120”, serão interrogados. Rizvan Rzayev e Gulnara Shakhadat, pais da criança, ainda não se pronunciaram sobre a morte da filha.

Ramil Gadzhiyev, um amigo da família, contou à imprensa que os funcionários da escola não admitiram, para ele, que a criança ficou muito tempo do lado de fora das instalações. “Meio-dia é o horário do almoço, e então eles perceberam a criança caída no chão”, afirmou, ainda acrescentando que esta foi a única informação que recebeu da instituição.

Você viu?

Uma fonte da escola não quis detalhar o caso, mas confirmou que a criança foi encontrada caída na neve e, mesmo após tentativas de ressuscitação por parte dos funcionários, não sobreviveu.

Morte por falta de casaco

Em um caso que também chocou a internet, uma jovem de 21 anos  morreu congelada depois de sair de uma festa vestindo apenas short, top e meias . O incidente ocorreu em Milwaukee, Wisconsin, Estados Unidos, em 2016.

O corpo de Elizabeth foi encontrado às 9h do domingo por uma pessoa que andava pelas ruas da cidade, e um relatório médico indicou que, além da falta de agasalhos, a jovem estava embriagada no momento em que deixou o local da festa. 

A mãe da vítima lamentou a morte e revelou que sua filha tinha um histórico de consumo excessivo de álcool. Elizabeth já havia sido internada por problemas com bebidas em outubro do ano passado. 

Leia também: Jovem que matou 17 na Flórida está 'triste e arrependido', diz advogada

No caso da menina que morreu na creche onde estudava, a polícia russa ainda não apontou culpados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários