Tamanho do texto

Há registros de ao menos seis mortos na Alemanha e outros três na Holanda; autoridades locais noticiam mais de 60 feridos pela tempestade Friederike

A tempestade matou seis pessoas na Alemanha, incluindo dois bombeiros, e outras três pessoas em cidades holandesas
Reprodução/Twitter
A tempestade matou seis pessoas na Alemanha, incluindo dois bombeiros, e outras três pessoas em cidades holandesas


Uma forte tempestade, chamada Friederike, atinge países da Europa ocidental desde a última quinta-feira (18) e já deixou seis mortos na Alemanha e outros três, na Holanda. De acordo com a CNN , os ventos de até 140 km/h geraram quedas de árvores, bloqueios de estradas e o cancelamento de voos em vários aeroportos dos países.

Leia também: Papa diz que são “calúnias” acusações contra bispo no Chile

Segundo autoridades da Alemanha, duas das vítimas eram bombeiros, que foram mortos por quedas de árvores, enquanto um motorista de 68 anos morreu quando seu veículo foi lançado para o outro lado da pista. Na cidade de Colônia, um bebê nasceu dentro de um carro porque a tempestade fechou rodovias e impediu a mulher de chegar até o hospital.

Pelo menos outras 62 pessoas ficaram feridas e as operações ferroviárias de longas distâncias da Deutsche Bahn, companhia de trens, foram suspensas. O serviço nacional de meteorologia do país informou que a tormenta é “uma das mais fortes” desde a chamada Kyrill, que atingiu o território alemão há 11 anos.

Nas redes sociais, moradores publicaram diversas fotos e vídeos, marcados com a hashtag #Friederike, com registros dos estragos causados. Em uma das filmagens, divulgada pela internauta @Marina_Brands no Twitter, um caminhão é visto sendo derrubado em uma rodovia de Duisburgo, na Alemanha . Assista: 


Leia também: Ex-estrategista de Donald Trump será chamado para depor, diz jornal

Estragos na Holanda

Nos Países Baixos, três mortes foram registradas, incluindo a de dois homens de 62 anos em duas localidades diferentes: um foi atingido por uma árvore em Zwolle, enquanto o outro morreu na cidade de Enschede. O aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, foi fechado na quinta-feira e cancelou mais de 320 voos, além de ter registrado danos em seus edifícios por causa da força dos ventos.

O usuário @tensioncoach publicou vídeos em que momentos de tensão foram registrados na cidade holandesa de Den Bosch, assista:


O mesmo perfil também postou imagens de um prédio, na mesma região da Holanda , cuja fachada foi danificada pelos ventos:


Leia também: Foto viraliza e choca brasileiros após temperaturas chegarem a - 67ºC na Rússia

Serviços meteorológicos acreditam que, agora, a tempestade deve atingir a Polônia, onde seus ventos perderão força e não devem causar estragos como os vistos na Alemanha e na Holanda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.