Tamanho do texto

Acidente aconteceu em Germinston, que fica a 20 quilômetros de Joanesburgo; as vítimas tiveram ferimentos leves e moderados; veja mais

Autoridades atendem chamada de emergência após grave acidente na África do Sul nesta terça-feira (9)
Reprodução/Twitter
Autoridades atendem chamada de emergência após grave acidente na África do Sul nesta terça-feira (9)

A colisão entre trens deixou ao menos 200 feridos na África do Sul nesta terça-feira (9). Segundo informações da  BBC News,  não foram relatadas mortes até agora. O acidente aconteceu na cidade de Germinston, que fica a 20 quilômetros a leste de Joanesburgo, capital do país. 

Leia também: Coreia do Norte e vizinha do Sul reabrem diálogo sem qualquer consulta aos EUA

A maioria dos feridos é formada por trabalhadores locais, que estavam a caminho do trabalho no momento da colisão. Não há informações sobre as causas do acidente de hoje na África do Sul , mas algumas testemunhas relatam à mídia local que um dos trens estava parado no trilho e acabou sendo atingido na traseira por outro, em movimento. 

Leia também: Donald Trump pede US$ 18 bilhões para construir muro na fronteira com o México

Paramédicos foram chamados ao local do acidente, na manhã de hoje (horário local), e atenderam os feridos. De acordo com Nana Radebe, porta-voz dos Serviços de Emergência de Joanesburgo, os passageiros dos trens apresentaram ferimentos "leves" a "moderados". No total, foram 226 feridos, 67 moderados e 159 leves. 

Tragédias seguidas

Acidente no dia 5 de janeiro, na África do Sul, deixou 19 mortos
Reprodução/Twitter/Kenian News
Acidente no dia 5 de janeiro, na África do Sul, deixou 19 mortos

O acidente desta terça-feira acontece dias depois da colisão fatal entre um carro e um trem na cidade de Kroonstad, na província de Free State, na África do Sul, no último dia 5 de janeiro. Nessa ocasião, pelo menos 19 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas.  

Leia também: Vídeo mostra deserto do Saara coberto de neve pela terceira vez em 40 anos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.