Tamanho do texto

Em 2016, o presidente filipino disse aos criminosos que aquele seria o último 'Feliz Natal' deles; neste ano, um grave incêndio e uma tempestade tropical castigam o país na véspera do feriado; internautas relembraram a 'praga'

Tempestade tropical deixou diversas áreas embaixo d'água nas Filipinas; cerca de 15 mil foram desalojados
Reprodução/Twitter
Tempestade tropical deixou diversas áreas embaixo d'água nas Filipinas; cerca de 15 mil foram desalojados

Quem acompanha o noticiário internacional deve se lembrar da mensagem arrepiante que o presidente das Filipinas , Rodrigo Duterte, enviou ao seu povo às vésperas do Natal de 2016. Nela, Duterte dizia aos criminosos do país que, se eles não mudassem de comportamento, aquele seria o último 'Feliz Natal' deles. Relembre:


Leia também: Turquia demite milhares de funcionários públicos acusados de golpismo

A 'praga' de Rodrigo Duterte foi recuperada pelos internautas brasileiros, um ano depois, nesta véspera de Natal. O cenário, porém, é outro: o Natal de 2017 não está sendo feliz para muitos filipinos que nada deviam à Justiça. Há de se dizer, aliás, que próprio presidente vive um feriado difícil.

Afinal, já passa de 200 o número de mortos no país pela tempestade tropical Temblin, que atinge a ilha de Mindanau. 

De acordo com informações de autoridades locais, outras dezenas de pessoas estão desaparecidas e mais de 15 mil moradores da região foram desalojados pelo fenômeno que, segundo estimativas, deve deixar o território das Filipinas somente no dia de Natal .

O país é um dos que mais sofrem com desastres naturais no mundo, isso porque as ilhas das Filipinas estão na rota de tufões e em uma zona de intensa atividade sísmica.

Incêndio em shopping

Neste domingo (24), o Twitter amanheceu com o nome do país entre os Trending Topics (TTs), ou seja, os assuntos mais comentados da rede social.

Leia também: EUA detêm terrorista que planejava atentado em nome do Estado Islâmico no Natal

Incêndio aconteceu em Davao, a cidade natal do presidente Rodrigo Duterte
Flickr
Incêndio aconteceu em Davao, a cidade natal do presidente Rodrigo Duterte

Isso porque, além da tempestade tropical, o país sofre com um incêndio em um shopping em Davao, no sul, que deixou outras 36 pessoas mortas. De acordo com as autoridades locais, a maioria das vítimas estava trabalhando num call center que funciona 24 horas por dia.

Para desespero de muitos familiares, o vice-prefeito da cidade e filho do presidente, Paolo Duterte, afirmou à imprensa local que as chances de vítimas desaparecidas estarem vivas é equivalente a zero.

O presidente Duterte e a sua filha, Sara Duterte-Carpio, que é prefeita da cidade, foram até o local nesta véspera de Natal para se encontrarem com parentes das vítimas, que buscavam informações sobre os desaparecidos e possíveis sobreviventes. 

Em sua mensagem natalina neste ano, Rodrigo Duterte foi mais ameno e não assumiu o tom ameaçador que havia assumido no ano passado. Apesar da véspera triste, espera-se que o país tenha mais um 'Feliz Natal' neste ano. 

Leia também: Funcionários de asilo levam R$ 39 milhões na loteria de Natal da Espanha

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.