Tamanho do texto

Após esfaquear a então namorada, o homem investiu contra o próprio peito em uma tentativa frustrada de suicídio; caso aconteceu em cidade da Rússia

Um homem russo matou a namorada com facadas após ela recusar o seu pedido de casamento
Reprodução/Daily Mail
Um homem russo matou a namorada com facadas após ela recusar o seu pedido de casamento

Um homem esfaqueou sua namorada até a morte, dentro de um mercado, após ter seu pedido de casamento recusado pela mulher. De acordo com o portal Daily Mail , o agressor ainda esfaqueou a si próprio em uma tentativa de suicídio na cidade de Ufa, na Rússia.

Leia também: Polícia impede casamento arranjado de criança de 10 anos com paquistanês de 50

Testemunhas alegam que a namorada , de 23 anos, foi esfaqueada 17 vezes pelo seu então companheiro, de 26 anos, que a encontrou em um mercado da região após persegui-la durante horas.

O russo a abordou a mulher na parte de fora do estabelecimento, com um buquê de flores, e fez a proposta de casamento. Quando ela recusou o pedido, ainda dizendo que queria terminar o relacionamento dos dois, ele tentou agredi-la.  

Assim, a mulher entrou no mercado aos gritos de “socorro”, enquanto o homem dizia: “se eu não posso ter você, ninguém vai poder”. Em seguida, ele pegou uma faca e começou a agredir a mulher, logo antes de investir contra seu próprio peito em uma tentativa frustrada de suicídio.

Leia também: Socorrista é preso por 'apressar' morte de pacientes em "ambulância da morte"

"Um verdadeiro pesadelo"

A população da cidade russa ainda está abalada com o caso. Uma das vendedoras do mercado onde tudo aconteceu disse que todos estão em estado de choque. "O que aconteceu aqui foi um verdadeiro pesadelo. Foi terrível, o homem começou a esfaqueá-la. E depois esfaqueou a si mesmo. Um policial nos disse que a mulher morreu na hora".

Para descobrir os motivos por trás do crime, as autoridades foram acionados pelas testemunhas e contaram com a ajuda da mãe da vítima , que estava presente no momento da morte. "Um homem esfaqueou sua companheira por ciúmes, porque ela se recusou a continuar em um relacionamento com o homem", diz uma nota divulgada pelo Comitê Investigativo da Rússia, que agora está lidando com o crime.

Leia também: Polícia encontra seis homens enforcados em pontes de cidade turística no México

O suspeito de matar a namorada está no hospital em estado grave e uma investigação sobre o caso de assassinato foi aberta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.