Tamanho do texto

Animal adulto aterrorizou convidados ao surgir em recepção de casamento realizado em área de floresta; mulher foi atacada no dia seguinte ao episódio

Tigre adulto interrompeu recepção de casamento e depois atacou mulher em área de floresta na Índia
Reprodução
Tigre adulto interrompeu recepção de casamento e depois atacou mulher em área de floresta na Índia

Um tigre macho adulto aterrorizou convidados durante a recepção de um casamento realizado na última terça-feira (12) em Bhandara, numa região de florestas na Índia. O animal foi filmado pelas pessoas que participavam da cerimônia ao surgir da mata situada a poucos metros do vilarejo onde o casório seria realizado, em Masulkhapa, na região central indiana.

Leia também: Duas pessoas morrem e sete ficam feridas em terremoto na Indonésia

Apesar do susto, o tigre deixou o local sem provocar maiores problemas, mas as autoridades indianas voltaram a ter notícia desse mesmo animal já no dia seguinte. 

De acordo com o jornal Times Of India , o felino atacou uma moradora do vilarejo de Sundartola na madrugada de quarta-feira (16). A vítima, chamada Shantabai Zingru Karkade, foi ferida pelo animal por volta das 5h da manhã, quando ela havia deixado seu lar para ir ao banheiro, que fica na área externa de sua casa. A mulher foi socorrida ao hospital público de Tumsar e seu estado de saúde é desconhecido.

Leia também: Prefeito é perseguido e morto a tiros no MT; governo cria equipe para investigar

Assista ao vídeo do tigre interrompendo o casamento abaixo:

Especialistas ouvidos pelo Times Of India destacaram que os tigres são animais que não se sentem acuados devido à presença humana, mesmo que à luz do dia. 

Após os episódios, o departamento de preservação florestal de Bhandara anunciou que foi montada uma força-tarefa com sete servidores para monitorar a movimentação desse tigre por aquela região. O porta-voz do órgão,Vivek Hoshing disse que já há três grupos encarregados de acompanhar os passos do felino. "O comportamento do animal nos parece anormal", disse Hoshing ao Times Of India .

Leia também: Polícia prende suspeita de ser mandante de ataque contra juíza em fórum no RS