Tamanho do texto

Grupo terrorista assume atentados de grande repercussão após a morte dos autores dos ataques; autoridades, no entanto, não confirmam a informação

Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado em Marselha e do tiroteio que matou mais de 50 em Las Vegas
Reprodução
Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado em Marselha e do tiroteio que matou mais de 50 em Las Vegas

A técnica de esperar grandes repercussões de ataques pelo mundo para assumir a autoria de atentados terroristas tem gerado certa dúvida sobre o quanto tais reivindicações do Estado Islâmico são verdadeiras. Isso porque as autoridades locais nem sempre conseguem encontrar alguma relação entre o grupo terrorista e os ataques.

Leia também: Veja tudo sobre o Estado Islâmico no iG

Em dois exemplos recentes, as informações publicadas pelo Estado Islâmico a respeito da autoria de atentados batem de frente com as investigações.

Afinal, nem no ataque que deixou duas jovens mortas em uma estação de trem na França, nem no tiroteio que matou mais de 50 pessoas nos Estados Unidos , há indícios de terrorismo islâmico. Porém, em ambos os casos, o grupo extremista assumiu a autoria dos ataques.

Apesar da reivindicação, fontes próximas à investigação em Marselha , no sul francês, disseram à imprensa local que, até agora, não foi encontrada qualquer relação entre o  autor do ataque deste domingo e o grupo terrorista.

A polícia também apura se havia um possível laço entre o agressor e as vítimas, duas primas de 20 e 21 anos. No caso, sequer o caráter terrorista da ação foi confirmado.

O autor do ataque já tinha diversas passagens pela polícia por pequenos delitos, sempre apresentando identidades diferentes. A última delas ocorreu dois dias antes do atentado, em Lyon, onde as primas haviam passado o fim de semana.

França ainda não confirma a ligação do grupo terrorista com o ataque que deixou mortas em estação de trem de Marselha
Reprodução/Twitter
França ainda não confirma a ligação do grupo terrorista com o ataque que deixou mortas em estação de trem de Marselha

Acusado de furtar uma jaqueta em uma loja, ele disse que era um sem-teto e consumidor de "drogas pesadas" e foi liberado pela polícia, após ter apresentado um passaporte tunisiano em nome de Hanachi Ahmed, 30 anos. Os investigadores agora apuram para descobrir se essa era sua real identidade.

Leia também: Homem mata duas mulheres a facadas na estação de trem de Marselha, sul da França

O ataque ocorreu na estação Saint-Charles, a principal de Marselha, e testemunhas relataram que o homem gritava "Allahu Akbar" ("Deus é grande" em árabe) enquanto esfaqueava as duas jovens.

Tiroteio em Las Vegas

Já no tiroteio em Las Vegas, não houve tempo para saudações em árabe. O atirador, identificado como Stephen Paddock , estava a 32 andares das vítimas, disparando tiros constantes, deixando ao menos 58 mortos e 515 feridos.

Mais de 50 pessoas morreram no tiroteio que aconteceu nesta madrugada em Las Vegas; o Estado Islâmico diz ser autor
Reprodução/Twitter
Mais de 50 pessoas morreram no tiroteio que aconteceu nesta madrugada em Las Vegas; o Estado Islâmico diz ser autor

Paddock, segundo sua família, não tinha nenhuma crença extremista política ou religiosa. Além disso, ele era um morador local, branco, de 64 anos. 

Embora o grupo terrorista tenha reivindicado a autoria do ataque, o FBI afirmou que não há, até o momento, qualquer ligação entre os extremistas e o tiroteio no cassino de Las Vegas. "Não encontramos até esse ponto relação com o terrorismo internacional, mas a investigação continua", disse um oficial da polícia norte-americana em pronunciamento à imprensa.

Há suspeitas de que o Estado Islâmico não tenha a responsabilidade sobre todos os ataques recentes, que ganharam grande repercussão na mídia e nas redes sociais no últimos meses, e que foram reivindicados pelo grupo. No entanto, como os autores dos atentados acabaram mortos, a confirmação ou a negação de tais reivindicações se tornam dificultosas, sobrando apenas a opção de acreditar ou não no poder dos terroristas.

Leia também: Autoridades descartam mais atentados em outros locais após tiroteio em Las Vegas

* Com informações da Agência Ansa.

    Leia tudo sobre: estado islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.