Tamanho do texto

De acordo com a polícia de Darmstadt, a criança havia encontrado o artefato durante um passeio na floresta; menino quis mostrar seu achado aos colegas

Criança achou a bomba explosivo durante um passeio pela floresta e quis levá-lo à escola
Divulgação/ Sede da Polícia de Südhessen
Criança achou a bomba explosivo durante um passeio pela floresta e quis levá-lo à escola

Uma creche alemã teve que ser evacuada, na manhã desta quarta-feira (5), depois que os funcionários da escola infantil perceberam que um dos alunos havia levado uma bomba da Segunda Guerra Mundial para dentro do local.

Leia também: O segredo da correspondente que noticiou o início da Segunda Guerra

De acordo com o site alemão Kurier , a polícia local investigou que a criança achou o artefato durante um passeio pela floresta. Curioso e animado com o achado, ele quis levar a bomba para a creche, a fim de mostrá-la aos seus amigos.

Quando os funcionários da creche identificaram o objeto suspeito sobre uma das estantes, direcionaram todas as crianças ao parquinho que fica do lado de fora da escolinha.

Logo após a creche ser evacuada na cidade de Darmstadt, no centro da Alemanha, o esquadrão anti-bombas foi até o local, para garantir a segurança do imóvel.

Os oficiais especializados transferiram o artefato a um local seguro. Além disso, investigaram a floresta onde a criança havia encontrado o primeiro objeto suspeito, procurando por um segundo, mas não encontraram nenhum outro explosivo.

Leia também: Morre enfermeira símbolo do fim da Segunda Guerra Mundial

Segundo o site alemão, bombas da Segunda Guerra Mundial comumente são encontradas em jardins, campos e bosques pelo centro do país, relíquias do intenso bombardeio do grupos dos aliados, contra a Alemanha nazista. Em geral, a polícia pede para os cidadãos não tocarem nas descobertas e, imediatamente, entrarem com contato com as autoridades.

Natal explosivo

No final do ano passado, milhares de moradores da cidade de Augsburgo, no sul da Alemanha , tiveram que abandonar suas casas e deixar para trás parte do Natal, no próprio dia 25 de dezembro, devido ao desarme de uma bomba da Segunda Guerra Mundial.

De acordo com o jornal francês Le Monde , que noticiou o caso, 54 mil pessoas deixaram a cidade na manhã do dia 25. Essa foi a maior evacuação na Alemanha desde a Segunda Guerra. Pelo menos 900 oficiais participam da operação. Escolas e quadras esportivas foram abertas para abrigar os que não tinham para onde ir.

A bomba, que foi descoberta na semana anterior ao Natal , pesava 1,8 tonelada e a área de segurança ao redor dela tinha um diâmetro de 1,5 quilômetro. Perguntado sobre a operação, um porta-voz da cidade reconheceu que a situação era incomum para um dia 25 de dezembro.