Tamanho do texto

Três adolescentes estão entre as vítimas de descarga elétrica em piscina; acidente ocorreu hoje na cidade de Akyazi, a 100 quilômetros de Istambul

Carga elétrica em piscina matou cinco pessoas em parque aquática em Akyazi, na província de Sakyra, na Turquia
Reprodução/DHA
Carga elétrica em piscina matou cinco pessoas em parque aquática em Akyazi, na província de Sakyra, na Turquia

Uma descarga elétrica provocou a morte de cinco pessoas nesta sexta-feira (23) e piscina de um parque aquático da cidade de Akyazi, na província de Sakarya, na Turquia. De acordo com a agência estatal turca Anadolu , três das vítimas eram adolescentes, com idades de 12, 15 e 17 anos.

Leia também: Escolas turcas não vão mais ensinar a Teoria da Evolução "por ser muito difícil"

De acordo com reportagem da rede britânica BBC, as outras duas vítimas do acidente ocorrido no nordeste da Turquia, a cerca de 100 quilômetros de Istambul, seriam o administrador do parque aquático e seu filho, que entraram na água para tentar socorrer os jovens que foram eletrocutados.

Todos os atingidos pela descarga elétrica foram socorridos ao hospital público de Akyazi, mas não resistiram. A Anadolu reportou que uma sexta pessoa foi ferida durante o incidente e precisou de atendimento médico, mas a informação não foi confirmada até o momento.

As autoridades turcas já iniciaram as investigações acerca do episódio e até o momento não está claro o que teria provocado a descarga elétrica na piscina.

Segundo a BBC, os dois adultos que acabaram morrendo no episódio são o administrador do parque, Mehmet Kaya, de 50 anos de idade, e seu filho, Kadir Kaya, de 30 anos.

Morte em parque na Inglaterra

No início do mês passado, outro parque de diversões foi palco de uma morte de criança  – desta vez na Inglaterra.

Uma menina de 11 anos morreu durante visita com a escola no Reino Unido. A garota caiu em uma atração de água e sofreu múltiplas lesões, falecendo pouco depois de ser socorrida por helicópteros.

Na ocasião, médicos tentaram salvar a vida da jovem no caminho para o hospital, mas ela não resistiu. Além das lesões sofridas com a queda, a garota se afogou com a água do brinquedo, chamado Splash Canyon.

Como estava em um passeio escolar, uma professora deveria estar no mesmo carrinho da atração do parque aquático em que a menina estava – ou próxima a ela no momento da morte. As instruções de segurança do parque pedem que crianças sejam supervisionadas por adultos perto de atrações com água.

Leia também: Incêndio que matou 79 em Londres foi provocado por geladeira com defeito

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.