Tamanho do texto

Em entrevista, o polêmico ex-primeiro ministro italiano foi questionado sobre suas semelhanças com o republicano; ambos são acusados de sexismo

Twitter/Reprodução
"De Donald Trump eu devo dizer que gosto muito, assim como muitos homens e mulheres, da Melania", disse Berlusconi

O polêmico ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi – que pouco falou sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desde a posse do republicano no governo norte-americano, no início do ano – decidiu se posicionar a respeito do que 'mais admira' no magnata.

Leia também: Veja tudo sobre Donald Trump no iG

Acontece que, excêntrico como ele só, Berlusconi afirmou, em uma entrevista à emissora La 7 , que será veiculada na Itália nesta sexta-feira (23), que o que mais gosta em Donald Trump é a sua esposa, Melania. 

A declaração polêmica de Berlusconi aconteceu após o ex-premiê ser questionado se o presidente dos Estados Unidos é o "Berlusconi norte-americano". O italiano despistou dizendo que "sempre falam muitas coisas" e não quis comentar as políticas do republicano.

"Mas de Trump eu devo dizer que gosto muito, assim como muitos homens e mulheres, da Melania. Pela sua beleza, pelo seu estilo e também pelo seu fascínio", acrescentou.

Apesar de dizer que não a conhece pessoalmente, Berlusconi destacou que ouviu "muitos relatos de pessoas próximas, e até os democratas norte-americanos, não tem críticas sobre ela".

Trump, Berlusconi e as mulheres

Por ter uma trajetória parecida com a de Trump, o italiano foi muito citado pela oposição do republicano, durante a campanha eleitoral no fim do ano passado. Atual presidente do partido Força Itália, Berlusconi foi o primeiro-ministro da Itália por três vezes, tornando-se um dos políticos mais conhecidos do mundo.

Enquanto Donald Trump é o 'senhor Twitter', Silvio Berlusconi se diverte no Instagram, publicando várias fotos
Reprodução/Instagram
Enquanto Donald Trump é o 'senhor Twitter', Silvio Berlusconi se diverte no Instagram, publicando várias fotos

Antes disso, porém, Berlusconi, assim como Trump, foi um empresário de sucesso, rico, magnata e envolvido em muitas polêmicas.

Leia também: Johnny Depp faz piada com possível assassinato de Donald Trump

Tais histórias, em geral, envolviam mulheres – tanto em relacionamentos com o ex-premiê, quanto em geral, nas declarações sexistas por ele proferidas.

No ano passado, o magnata afirmou que ser mulher , mãe e prefeita de uma cidade como Roma são tarefas incompatíveis. “Uma mãe não pode se dedicar a um trabalho que ocupa 14 horas por dia”, disse ele ao ser questionado sobre a intenção da líder do partido ultraconservador Irmãos da Itália, Giorgia Meloni, grávida, de concorrer à prefeitura da capital.

Em 2008, ele chegou a dizer que "as mulheres da direita são certamente mais belas do que as da esquerda". Tal declaração provocou reação imediata das mulheres ligadas aos partidos de esquerda ou centro-esquerda na Itália.

Apesar da postura polêmica, assim como Donald Trump, Berlusconi se tornou o líder político de uma nação. 

Leia também: Maiô com o rosto de presidente Trump é criado por marca dos EUA e gera polêmica

* Com informações da Agência Ansa.

    Leia tudo sobre: donald trump
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.