Tamanho do texto

Vítima francesa estava desaparecida desde sábado; na noite desta terça, um homem foi preso na Irlanda por suposta relação com terroristas de Londres

Se a polícia confirmar que esse corpo é de uma vítima do ataque terrorista, o número de mortos subirá para oito
Reprodução/Twitter
Se a polícia confirmar que esse corpo é de uma vítima do ataque terrorista, o número de mortos subirá para oito

A Polícia de Londres encontrou, nesta quarta-feira (7), um corpo no rio Tâmisa, que ela suspeita que seja de um francês desaparecido desde o ataque terrorista ocorrido no último sábado (3), na capital britânica .

Xavier Thomas, de 45 anos, não havia sido localizado por familiares desde o ataque terrorista  e, segundo as autoridades, também não estava nos hospitais britânicos entre as vítimas da ação. No entanto, para confirmar que o corpo se trata do dele, será precisa a execução de um exame de DNA.

Também nesta quarta, o governo francês confirmou que há três franceses entre aqueles que faleceram no ato – um que não teve o nome divulgado, Alexandre Pigeard, 27, e Sebastien Belanger, 36.

Terroristas e presos

Com isso, o número de mortos no atentado que foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico sobe para oito.

Nesta terça-feira (6), o Comando Anti-Terrorismo da Polícia Metropolitana de Londres divulgou a identidade do terceiro responsável pelos ataques  que deixaram, além dos mortos, 48 feridos. 

O terrorista foi identificado como o ítalo-marroquino Youssef Zaghba, de 22 anos de idade. As autoridades britânicas informaram, em nota, que ele até então não era alvo de investigações.

Da esquerda para a direita: Khuram Shazad Butt, Rachid Redouane e Youssef Zaghba, autores de ataques em Londres
Divulgação/Polícia Metropolitana de Londres
Da esquerda para a direita: Khuram Shazad Butt, Rachid Redouane e Youssef Zaghba, autores de ataques em Londres

Os outros responsáveis pelos ataques ocorridos na London Bridge e no mercado de Borough já haviam sido identificados na últim segunda (5) como o britânico Khuram Butt e o marroquino Rachid Redouane.

Os três foram mortos pela polícia de Londres durante troca de tiros após o atentado de sábado.

Além disso, a Polícia Metropolitana confirmou a prisão de mais uma pessoa que pode ter ligação com o atentado do último sábado. Trata-se de um homem de 30 anos, preso em Ilford, que teria contatos com ao menos dois dos três terroristas.

Na noite desta terça (6), a polícia da Irlanda anunciou a prisão de outro homem, também na faixa dos 30 anos.

Leia também: "Fomos tolerantes com o terrorismo. Já chega", diz premiê após ataque em Londres

Ele é acusado de furto e fraude por conta dos documentos de um dos terroristas, Rachid Redouane. Além dos documentos falsos, a polícia informou que o terrorista viveu um período em Dublin, capital da Irlanda, antes de ir para a Inglaterra.

* Com informações da Agência Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.