Tamanho do texto

Garota foi atacada por três homens e enterrada viva em buraco de um metro de profundidade; ela foi resgatada duas horas mais tarde e sobreviveu

Jovem foi enterrada viva em vilarejo na Índia como parte de disputa territorial entre seu pai e um empresário local
Reprodução/ DailyMail
Jovem foi enterrada viva em vilarejo na Índia como parte de disputa territorial entre seu pai e um empresário local

Uma jovem foi enterrada viva por duas horas na Índia como parte de uma disputa territorial. Khushboo Khatun, de 19 anos, estava indo de um mercado para casa quando foi atacada por três homens e jogada em um buraco de um metro de profundidade, onde a enterraram e a deixaram para morrer.

Leia mais: Vítima de ataque com ácido, família sofre com cegueira, feridas e desprezo

Khatun foi enterrada viva em uma vila em Binhar, no leste da Índia. Quando ela não chegou em casa, seus pais ficaram preocupados e começaram a procurá-la. Eventualmente, seu pai, Muhammad Azim Ansari, encontrou um buraco coberto aleatoriamente com terra e suspeitou do crime.

Ansari começou a cavar, imediatamente, com ajuda de outros moradores do vilarejo. Eles encontraram Khatun em um estado semiconsciente e quase sufocando depois de ter passado duas horas embaixo da terra .

Durante o resgate, os moradores da vila tentaram jogar água na jovem para tirar a terra, mas ela mal conseguia sustentar o próprio corpo, então foi necessário que continuassem a cavar. A jovem tinha detritos do solo até dentro de sua boca.

Leia também: Pai degola filha de 15 anos por desaprovar namoro com um jovem da mesma casta

Assim que possível, ela foi retirada do buraco e levada direto ao hospital local, ainda em choque. “Eles me jogaram no buraco e tentaram me enterrar viva para me matar”, disse Khatun ao Daily Mail .

Disputa territorial

A polícia está procurando por três suspeitos do crime: o empresário Amit Shah e dois cúmplices. De acordo com o superintendente, o crime foi parte de uma disputa territorial entre Shah e Ansari. O empresário quer usar terras que pertencem ao homem para construir e, sem cooperação do empresário, decidiu usar Khatun para ameaçá-lo.

Leia também: Espancadas por dois dias, crianças morrem eletrocutadas em ritual de exorcismo

Supostamente, a briga já está acontecendo há anos e Ansari já foi ameaçado diversas vezes por seu rival. O superintendente acredita que o ataque a Khatun foi uma espécie de aviso do empresário. Felizmente, a garota sobreviveu a ser enterrada viva e já foi liberada do hospital, mas continua em recuperação em casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.