Tamanho do texto

Nos últimos anos, dezenas de navegações assustadoras chegaram à costa do país; só se sabe a origem delas porque levavam a bandeira norte-coreana

'Navios fantasmas' da Coreia do Norte intrigaram especialistas e levaram o Japão a abrir uma investigação sobre o caso
Reprodução/Twitter
'Navios fantasmas' da Coreia do Norte intrigaram especialistas e levaram o Japão a abrir uma investigação sobre o caso

Surgindo pela neblina, uma embarcação decadente com a bandeira da Coreia do Norte se aproxima da costa. Essa visão já se tornou assustadoramente comum no Japão, onde dezenas dos navios fantasmas apareceram nos últimos anos.

Leia também: Coreia do Norte está avançando no seu programa nuclear, alerta ONU

Um mistério rodeia tais embarcações, tripuladas apenas por homens mortos que não podem dizer o que aconteceu em sua viagem final. Tudo que se sabe é que os navios provavelmente partiram da Coreia do Norte .

Fragmentos de textos escritos em coreano – inclusive alguns que indicam que o barco pertenceu ao Exército Popular da Coreia – e restos da bandeira do país são as únicas provas concretas da origem da navegação.

Porém, o motivo para aportarem na costa do Japão e a causa da morte dos tripulantes continuam sendo mistérios. O fenômeno despertou a curiosidade das autoridades e fez com que fosse aberta uma investigação para descobrir o que aconteceu.

Oficiais japoneses realizaram autópsia dos corpos encontrados e descobriram que muitos já estavam mortos há meses quando o navio se aproximou da costa. Outros tantos corpos já estavam tão decompostos que era impossível determinar a causa da morte.

Leia também: Coreia do Norte diz que há risco de uma guerra nuclear com os Estados Unidos

De fugitivos a pescadores

Uma das teorias que podem resolver o mistério alega que os homens eram desertores desesperados que decidiram se arriscar em barcos frágeis no mar aberto para escapar do regime opressivo de Kim Jong-un.

Entretanto, logo foi apontado que seria muito mais fácil navegar a curta distância até a Coreia do Sul do que enfrentar uma jornada de centenas de quilômetros para cruzar o mar do Japão.

Por conta disso, agora, acredita-se que os homens eram pescadores.

A Coreia do Norte já teve dificuldades para alimentar sua população no passado, com milhares de pessoas morrendo de fome. Há suspeitas de que Kim Jong-un esteja pressionando a indústria pesqueira do país para que aumentem a produção, fazendo com que os pescadores naveguem cada vez mais longe da costa.

O problema é que os barcos de pesca – que, segundo o Japan Times  não têm nem GPS – não são equipados o suficiente para desbravar o alto mar. Além disso, o líder supostamente está enviando soldados inexperientes ao mar para reforçar a pesca nacional.

Leia também: “Conflito pode explodir a qualquer hora”, diz China sobre EUA e Coreia do Norte

A teoria é que, sem infraestrutura ou experiência para sobreviver ao mar, os tripulantes são levados à deriva por condições meteorológicas ruins ou simplesmente se perdem e assim morrem de fome ou exposição a outros fatores. E, assim, surgem os navios fantasmas da Coreia do Norte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.