Capital da Síria, Damasco tem sido cenário recorrente de atentados terroristas como o ocorrido neste sábado (11)
Anadolu Agency
Capital da Síria, Damasco tem sido cenário recorrente de atentados terroristas como o ocorrido neste sábado (11)

Ao menos 33 pessoas morreram e cerca de 120 ficaram feridas após a explosão de duas bombas próximo a um santuário em Damasco neste sábado (11). A informação é da Sana, agência de notícias oficial da Síria.

As explosões se deram perto do cemitério de Bab al-Saghir, local visitado por peregrinos xiitas, na área de Bab Masala. Agências internacionais informam que as explosões provocaram grandes estragos no santuário.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado até o momento, mas uma rede de TV local aponta para homens-bomba do grupo libanês Hezbollah.

LEIA TAMBÉM: Arqueólogos egípcios encontram estátua gigante de faraó Ramsés II no Cairo

Você viu?

O número de vítimas até o momento é incerto. Algumas fontes chegam a informar um total de 46 mortes no local.

Um porta-voz do ministério das Relações Exteriores do Iraque afirmou que os peregrinos iraquianos que visitavam um dos 11 santuários existentes no cemitério de Bab al-Saghir eram o alvo das explosões.

"As informações iniciais dão conta de que 40 iraquianos morreram e 120 outros ficaram feridos no ataque", declarou o porta-voz Ahmed Jamal.

LEIA TAMBÉM: Após sete anos de guerra, três milhões de crianças não conhecem a paz na Síria

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários