Tamanho do texto

Veículo lotado de passageiros colidiu com um caminhão no sul de Tegucigalpa; o motorista do caminhão tentou fugir, mas foi detido

Pelo menos 23 pessoas morreram e 34 ficaram feridas em um acidente entre um ônibus escolar e um caminhão-pipa, neste domingo
Reprodução/Twitter
Pelo menos 23 pessoas morreram e 34 ficaram feridas em um acidente entre um ônibus escolar e um caminhão-pipa, neste domingo

Mais de vinte pessoas morreram em um acidente ocorrido na noite deste domingo (5) entre um ônibus escolar e um caminhão-pipa no sul de Tegucigalpa, em Honduras.

LEIA MAIS: Acidente com ônibus escolar deixa 6 crianças mortas nos EUA; motorista é preso

De acordo com as agências internacionais e com um comunicado emitido pela Comissão Permanente de Contingências (Copeco), já foram confirmados oficialmente 23 mortos e 34 feridos. A causa do acidente ainda é desconhecida pelas autoridades.

Todas as vítimas fatais estavam no ônibus. Esse número pode aumentar, porque muitos passageiros continuam presos nas ferragens do veículo. O trabalho de resgate das vítimas continua nessa seguda-feira (6). O motorista do ônibus também morreu.

A colisão aconteceu no quilômetro 10 da estrada que liga Tegucigalpa ao sul do país.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as equipes de socorro já recuperaram 35 sobreviventes, alguns em estado grave, que foram transferidos ao Hospital Escolar Universitário de Tegucigalpa.

LEIA MAIS: Trem e ônibus escolar colidem em Suzano, na Grande São Paulo

Não há informações oficiais sobre quantas pessoas estavam dentro do ônibus no momento da colisão e nem a idade das vítimas.

Investigação sobre o acidente

A Polícia Rodoviária local investiga minuciosamente a causa da colisão ocorrida neste domingo. A polícia não descarta a hipótese de que o caminhão tenha sido conduzido sob excesso de velocidade na rodovia.

De acordo com a agência EFE , algumas testemunhas disseram que o motorista do caminhão parecia estar embriagado enquanto conduzia seu veículo.

Aparentemente, ele perdeu o controle do caminhão e, depois de pular para se salvar, acabou causando a colisão. Depois do acidente, ele fugiu.

Minutos após a colisão, José Eliseo Aguilar foi detido pela polícia rodoviária como suspeito de ser o motorista do caminhão. Ele passará por exames para comprovar a embriaguez.

Os acidentes de trânsito representam a segunda maior causa de mortes violentas em Honduras, onde mais de 700 pessoas morreram por esse motivo em 2016, segundo números oficiais.

LEIA MAIS: Incêndio em ônibus deixa pelo menos 16 mortos no norte da Itália

As investigações sobre o acidente deste domingo serão o foco do trabalho da Polícia Rodoviária de Tegucigalpa durante esta segunda. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.