Tamanho do texto

Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump desembarcou na quinta-feira em Washington, onde acontece sua cerimônia de posse

Trump em homenagem ao soldado desconhecido; 'uma verdadeira honra', escreveu  o presidente eleito na legenda da imagem
Reprodução/Facebook Donald J. Trump
Trump em homenagem ao soldado desconhecido; 'uma verdadeira honra', escreveu o presidente eleito na legenda da imagem


O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, começou a agenda de atos oficiais de sua posse nesta quinta-feira (19) em Washington DC. O republicano iniciou as solenidades colocando uma coroa de flores sobre o túmulo do soldado desconhecido, no cemitério militar de Arlington (Virgínia), acompanhado por sua esposa, Melania, e pelo vice-presidente eleito Mike Pence.

LEIA TAMBÉM: Enquanto 65% acham Obama um 'sucesso', Trump assumirá com altíssima reprovação

Trump  deu início à agenda de atos oficiais nesta cerimônia, que é justamente a que abre os atos em posses dos presidentes dos Estados Unidos, e que tem como objetivo lembrar das vítimas de todas as guerras americanas e serve também para homenagear as famílias dos veteranos.

Trump chegou à Washington um dia antes da posse

Trump desembarcou em Washington, ao lado da esposa Melania, na quinta-feira (19)
Reprodução/Facebook Donald J. Trump
Trump desembarcou em Washington, ao lado da esposa Melania, na quinta-feira (19)


O presidente eleito dos EUA chegou à bordo de um avião militar na base aérea Andrews, em Washington, na companhia de sua família perto das 15h15 (horário de Brasília) desta quinta-feira (19), um dia antes de tomar posse. 

Após fazer a homenagem no cemitério de Arlington, Trump se dirigiu ao Lincoln Memorial, local onde aconteceu um evento com fogos de artifício e shows de música. Ao término dos espetáculos, o republicano fez um rápido discurso.

"Vamos unificar nosso país e vamos fazer a américa grande para todas as nossas pessoas, todos", declarou. "No último mês da campanha nós sabíamos que algo especial estava acontecendo e só posso dizer que não nos deram crédito. Eles se esqueceram de muitos de nós. Vocês não são mais esquecidos", enfatizou.

LEIA TAMBÉM:  "Vão embora": brasileiros relatam preconceito e medo a dias da posse de Trump

Como será a cerimônia de posse

Logo no período da manhã, Trump, o seu vice Mike Pence e famílias vão a uma cerimônia religiosa na Igreja Episcopal de Saint John, próxima à Casa Branca. Em seguida, Barack Obama e a primeira-dama, Michelle Obama, serão os responsáveis por darem, com um chá, as boas-vindas ao preseidente eleito e a sua esposa, Melania. Os dois casais seguem em comitiva para o Capitólio.

A cerimônia de posse está prevista para começar às 12h30, nas escadarias do Capitólio. Às 14h30, são iniciados os primeiros discursos. Às 15h, o presidente eleito fará o juramento presidencial, recebido pelo presidente da Suprema Corte, John Roberts. Nesta solenidade, serão utilizadas tanto a Bíblia usada na posse de Abraham Lincoln, como uma que é de Trump, presente de sua mãe. Em seguida, Trump irá discursar.

LEIA TAMBÉM: Trump se une à Russia contra a Otan e diz que organização é "obsoleta"

O final da cerimônia está marcado para às 15h30. Após esta etapa, Trump e Pence manterão a tradição e farão parte de um almoço no Capitólio. Das 18h às 22h, presidente e vice devem percorrer mais de dois quilômetros, do Capitólio até a Casa Branca. Na reta final, Trump, Pence e suas respectivas esposas irão participar de três bailes de gala diferentes.