Tamanho do texto

Entre os feridos, há crianças e adolescentes; número de mortos pode subir, pois muitos feridos estão estado grave; ponte desabou por excesso de peso

A ponte, feita de madeira, não aguentou a carga e desabou
Reprodução/ Llano 7 días
A ponte, feita de madeira, não aguentou a carga e desabou

Pelo menos onze pessoas morreram e 14 ficaram feridas na queda de uma ponte na zona rural de El Carmen, na Colômbia. A ponte feita de madeira, não aguentou a carga e desabou, disse o diretor da Unidade Nacional de Gestão de Risco do país, Carlos Iván Márquez.

+ Acidente mata quatro turistas em parque de diversões na Austrália

"A investigação indica que havia cerca de 30 pessoas em cima da ponte . Falamos de oito mortos e 13 feridos, e mais três cujas condições ainda estão sendo verificadas", informou inicialmente. Mais tarde, Márquez confirmou que o número de mortos havia subido para onze.

Entre os feridos, há crianças e menores de idade. As autoridades acreditam que o número de mortos pode aumentar, já que muitas pessoas tiveram ferimentos graves e caíram em uma profundidade de 80 metros. O acidente ocorreu na noite desta segunda-feira (9), na cidade de Villavicencio, capital do departamento (estado) de Meta.

De acordo com o jornal local Llano 7 días , um total de dez ambulâncias foram até o local, para resgatar dos feridos. Uma investigação foi aberta na cidade para investigar de quem é a responsabilidade do acidente. 

A ponte passa sobre o Rio Guatiquía, que fica a 75 quilômetros da capital colombiana, Bogotá. Grande atração turística, a ponte tinha sido construída artesanalmente e foi usada durante todo o fim de semana passado com um grande número de público.

Ponte caiu na Indonésia

Em outubro do ano passado, um acidente semelhante a esse deixou outras oito pessoas mortas nos arredores de Bali , na Indonésia.

Uma ponte suspensa, que ligava as ilhas de Nusa Lembongan e Nusa Penida, poucos quilômetros ao leste da região mais turística do país asiático, desabou causando a morte de turistas. Entre as vítimas fatais, estavam três crianças com idades entre três e nove anos. 

Segundo o porta-voz da Agência Nacional para Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, as oito vítimas foram identificadas no mesmo dia do acidente, e todas eram indonésias.

+ Ao menos 24 pessoas morrem pisoteadas durante cerimônia hindu na Índia

Além disso, 30 pessoas ficaram feridas, das quais duas ficaram em estado grave. Ainda não se sabe o que teria causado o desabamento. No entanto, o próprio Nugroho cogitou no Twitter a hipótese de que a ponte tenha caído devido a uma superlotação em função de um ritual religioso que ocorria na região.

* Com informações da Agência Ansa.