Sistema Cantareira opera com volume menor do que o da crise hídrica de 2013
DIVULGAÇÃO / SABESP
Sistema Cantareira opera com volume menor do que o da crise hídrica de 2013

Nesta quarta-feira (03), o sistema Cantareira aponta um volume de água menor do que o registrado antes de 2013, quando passou pela crise hídrica , de acordo com os dados apresentados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). As informações foram apuradas pelo R7. 

Em março de 2013, a capacidade do sistema girava em torno dos 57,1%. Nesta quarta (03), segundo as informações da Sabesp , a capacidade máxima dos reservatórios chegou em 48,6%. Se dado for igualado ao mesmo período do ano passado, o número também é abaixo do normal. Em 2020, o sistema chegou a operar com 61% de sua capacidade total. 

O sistema Cantareira deposita cerca de 1,2 trilhão de litros de água, dessa quantidade, 982 bilhões de litros ficam acima do nível do conhecido como volume útil. O restante fica armazenado abaixo das compostas, tidas como reserva técnica, segundo as referências da companhia. 

Se estivesse em condições normais, sistema estaria encarregado de fornecer água para aproximadamente 9 milhões de habitantes , principalmente residentes da região metropolitana de São Paulo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários