Tamanho do texto

Pasta puxou a orelha da artista e fez uma publicação no Twitter sobre as cenas em que a cantora aparece refletida em uma poça de água parada

Clipe de Anitta viralizou na web desde que foi lançado oficialmente, na última segunda-feira (18); entenda o 'puxão de orelha' da Saúde do Rio
Reprodução/Instagram
Clipe de Anitta viralizou na web desde que foi lançado oficialmente, na última segunda-feira (18); entenda o 'puxão de orelha' da Saúde do Rio

Enquanto todos olhavam para a falta de edição de imagens no clipe oficial da música Vai Malandra , de Anitta, a Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro reparou na água parada que reflete a cantora em uma das imagens gravadas em uma laje. A imagem abriu brecha para uma publicação da pasta, que aproveitou a viralização do clipe para conscientizar os seus seguidores nas redes sociais sobre a dengue.

Leia também: Cientistas alimentam Aedes aegypti com 'Whey Protein' para realizar pesquisa

"Malandro mesmo é o Aedes aegypti, que enquanto você curte distraído o novo hit da Anitta , ele está aproveitando essa água parada para se reproduzir", diz a publicação, feita nesta terça-feira (19), no Twitter oficial da pasta.

Além disso, surfando ainda mais nessa 'onda de água parada', a secretaria criou e publicou uma paródia do single, com foco na prevenção da dengue. "Vai malanda... Tu tá louca? Não dá mole para dengue, zika e chikungunya! Tá pedindo, se prepara vou falar presta atenção: com apenas 10 minutos você pode exterminar o grande vilão! Então, vai, malandra: não deixa água parada na sua laje", publicou no Twitter.

Dengue no Rio de Janeiro

Ainda nas publicações relacionadas ao clipe, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro lembrou dos resultados do estado no combate à dengue.

"Se liga: combatendo o mosquito, você cuida da sua saúde. Bora manter a menor taxa de mortalidade por dengue no RJ desde 2005!", publicou a secretaria.

Leia também: Anvisa orienta que vacina da dengue não seja tomada por quem não teve a doença

E os números são mesmo animadores. Afinal, neste ano, apenas 3.126 casos de dengue foram registrados no Rio de Janeiro, contra 25.088 registrados em 2016, uma queda de 91,9%. 

Além disso, não houve mortes por causa da doença em 2017. No ano passado, quatro pessoas morreram vítimas da dengue.

Segurança no trânsito

'Malandra que é malandra só vai de capacete', diz Detran do Rio de Janeiro
Reprodução
'Malandra que é malandra só vai de capacete', diz Detran do Rio de Janeiro

Embora a cantora tenha ganhado esse puxão de orelha por conta das cenas em que aparece na laje, o Departamento Estadual de Trânsito do Rio de Janeiro elogiou o vídeo. Isso porque Anitta aparece com capacete, enquanto anda de moto. "Malandra que é malandra só vai de capacete. #VaiMalandra #SejaEssaPessoa", escreveu o órgão público.

Leia também: Cientistas encontram seis tipos de bactérias capazes de combater o Aedes aegypti

    Leia tudo sobre: anitta