Novo formato de Enem pode garantir bônus aos estudantes
Reprodução: Redes Sociais
Novo formato de Enem pode garantir bônus aos estudantes

O novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá dar bonificação a estudantes que fizerem curso técnico que tenha relação com a área escolhida na graduação. Conceder essa pontuação ficará a cargo das instituições de ensino superior. As mudanças anunciadas em entrevista à imprensa nesta quinta-feira valerão a partir de 2024.

O primeiro dia de provas poderá ter questões discursivas, além da redação. A orientação do Ministério da Educação (MEC) é que essa parte da prova corresponda a cerca de 25% da nota dessa primeira etapa. 

Já no segundo dia, o estudante poderá escolher a área de conhecimento da prova que seguirá a graduação que deseja cursar. Segundo o MEC, as provas deverão ser interdisciplinares, com foco em português e em matemática. 

Os itens de língua estrangeira deverão ser integrados à prova, e não mais apresentados de forma separada. Dessa forma, uma questão de história, por exemplo, poderá vir com texto de apoio em inglês afim de contextualizar as duas disciplinas. 

A elaboração das questões ficará a cargo no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e deverá atender à reformulação do Ensino Médio. O MEC não estima os gastos envolvidos na transição para realizar o novo Enem. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários