Tamanho do texto

Mandados foram cumpridos na casa de duas aplicadoras da prova na cidade de Fortaleza, no Ceará. Irregularidades em outros dois estados são apuradas

celular arrow-options
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Primeiro dia de prova do Enem foi neste domingo (3)

A Polícia Federal cumpre na manhã deste sábado (9) dois mandados de busca e apreensão na casa de aplicadoras do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 na cidade de Fortaleza, no Ceará.

Segundo a PF, os celulares das duas aplicadoras foram apreendidos e serão submetidos à perícia. As investigações foram iniciadas após levantamento realizado junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ( Inep ).

Outras duas suspeitas de irregularidades no Enem também são investigadas pela PF no estado do Rio de Janeiro e na Bahia, mas nenhuma outra informação sobre o caso foi divulgada até o momento.

Leia também: Veja o que pode cair no segundo dia do Enem

O primeiro dia de aplicação da prova para mais de cinco milhões de estudantes em todo o País foi o último domingo (3). O segundo e último dia do exame será realizado neste domingo (10).

O Ministério da Educação (MEC) não esclareceu se a operação causará algum impacto nas provas já aplicadas, mas, até o momento, o segundo domingo do Enem deve ocorrer normalmente. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, ainda não se posicionou sobre o caso.

    Leia tudo sobre: enem